Cassilândia, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

14/02/2007 14:28

André: dívida de curto prazo chegou a R$ 1,167 bilhão

Humberto Marques e Paulo Fernandes / Campo Grande News

A dívida de curto prazo recebida pelo governador André Puccinelli (PMDB) ao assumir o Executivo estadual em 1º de janeiro chegou a R$ 1,167 bilhão, segundo informações repassadas na tarde desta terça-feira (13 de fevereiro) à Assembléia Legislativa de Mato Grosso do Sul. Puccinelli se reuniu no fim da tarde com o presidente da Casa de Leis, Jerson Domingos (PMDB), a quem repassou os números – que fazem parte da mensagem do Executivo a ser encaminhada para a Assembléia, e que será lida na quinta-feira (15), durante a abertura do ano legislativo.

O governador compareceu à Assembléia para efetuar uma “visita de cortesia”, como ele mesmo definiu, ao mesmo tempo em que repassou aos parlamentares números sobre a situação financeira de Mato Grosso do Sul. “O governo tem a obrigação de apresentar o quadro para a Assembléia em sua mensagem, além de encaminhar a projeção de arrecadação do governo”, explicou. Puccinelli disse que, por se tratar de início de governo, as projeções não seriam “necessárias”, e não devem fazer parte do documento.

A respeito da arrecadação, o governador disse estar preocupado, mas garantiu que irá relatar “a realidade que encontrei”. Puccinelli destacou não caber a ele julgar se o ex-governador feriu ou não a Lei de Responsabilidade Fiscal, mas ressaltou os números encontrados por ele sobre as dívidas de curto prazo. “Ao contrário do que o Mariano [Cabreira, presidente regional do PT] disse, de que a dívida seria menor, os números são esses”, afirmou.

Cabreira e Puccinelli apresentaram versões diferentes sobre as dívidas do governo logo no início da atual administração. Antes de assumir, o atual governador disse esperar dívidas de curto prazo que chegariam a R$ 500 milhões, números contestados por integrantes do governo Zeca e do PT.

A “guerra verbal” teve início quando chegou a público a informação de que o ex-governador quitou dívidas com fornecedores, deixando em segundo plano compromissos com a dívida da União – que totalizaram R$ 46 milhões no pagamento feito por Puccinellli. Por conta da falta de caixa, os salários de dezembro do funcionalismo não foram quitados.

Puccinelli também informou que a dívida consolidada do Estado ultrapassou a casa dos R$ 6 bilhões. No dia 30 de janeiro, o Diário Oficial do Estado trouxe o demonstrativo da dívida consolidada líquida referente ao período de janeiro a dezembro de 2006. No balanço, apontou-se que o valor exato era de R$ 6.208.129.096,63, ainda dentro limite constitucional – equivalente ao dobro da receita corrente líquida (de R$ 3.444.897.266,16), que chega ao total de R$ 6.889.794.532,32.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 12 de Dezembro de 2017
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)