Cassilândia, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

14/02/2007 14:28

André: dívida de curto prazo chegou a R$ 1,167 bilhão

Humberto Marques e Paulo Fernandes / Campo Grande News

A dívida de curto prazo recebida pelo governador André Puccinelli (PMDB) ao assumir o Executivo estadual em 1º de janeiro chegou a R$ 1,167 bilhão, segundo informações repassadas na tarde desta terça-feira (13 de fevereiro) à Assembléia Legislativa de Mato Grosso do Sul. Puccinelli se reuniu no fim da tarde com o presidente da Casa de Leis, Jerson Domingos (PMDB), a quem repassou os números – que fazem parte da mensagem do Executivo a ser encaminhada para a Assembléia, e que será lida na quinta-feira (15), durante a abertura do ano legislativo.

O governador compareceu à Assembléia para efetuar uma “visita de cortesia”, como ele mesmo definiu, ao mesmo tempo em que repassou aos parlamentares números sobre a situação financeira de Mato Grosso do Sul. “O governo tem a obrigação de apresentar o quadro para a Assembléia em sua mensagem, além de encaminhar a projeção de arrecadação do governo”, explicou. Puccinelli disse que, por se tratar de início de governo, as projeções não seriam “necessárias”, e não devem fazer parte do documento.

A respeito da arrecadação, o governador disse estar preocupado, mas garantiu que irá relatar “a realidade que encontrei”. Puccinelli destacou não caber a ele julgar se o ex-governador feriu ou não a Lei de Responsabilidade Fiscal, mas ressaltou os números encontrados por ele sobre as dívidas de curto prazo. “Ao contrário do que o Mariano [Cabreira, presidente regional do PT] disse, de que a dívida seria menor, os números são esses”, afirmou.

Cabreira e Puccinelli apresentaram versões diferentes sobre as dívidas do governo logo no início da atual administração. Antes de assumir, o atual governador disse esperar dívidas de curto prazo que chegariam a R$ 500 milhões, números contestados por integrantes do governo Zeca e do PT.

A “guerra verbal” teve início quando chegou a público a informação de que o ex-governador quitou dívidas com fornecedores, deixando em segundo plano compromissos com a dívida da União – que totalizaram R$ 46 milhões no pagamento feito por Puccinellli. Por conta da falta de caixa, os salários de dezembro do funcionalismo não foram quitados.

Puccinelli também informou que a dívida consolidada do Estado ultrapassou a casa dos R$ 6 bilhões. No dia 30 de janeiro, o Diário Oficial do Estado trouxe o demonstrativo da dívida consolidada líquida referente ao período de janeiro a dezembro de 2006. No balanço, apontou-se que o valor exato era de R$ 6.208.129.096,63, ainda dentro limite constitucional – equivalente ao dobro da receita corrente líquida (de R$ 3.444.897.266,16), que chega ao total de R$ 6.889.794.532,32.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
20:20
Loteria
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
03:14
Loteria
Terça, 06 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)