Cassilândia, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

16/12/2006 09:20

André confirma mais cargos

O governador eleito André Puccinelli (PMDB) garantiu que vai cumprir a meta de reduzir entre 30% e 40% dos cargos comissionados do Governo do Estado. Ele confirmou, no entanto, que o projeto enviado para a Assembléia Legislativa prevê a criação de pelo menos dois cargos. O projeto cria os cargos de Assessoramento Superior DGA-Especial e Secretário Adjunto com remuneração correspondente a 70% do cargo de administração superior e Assessoramento (DGA-0), o correspondente ao salário de secretário de Estado.

André garantiu que “os cargos precisavam ser criados para adequar as especificações de cada pasta”. Entretanto, afirmou que isso não significa que todos os cargos serão ocupados e salientou que somente serão nomeados os que forem absolutamente necessários.

Questionado se utilizaria estes novos cargos para abrigar os partidos aliados, que até agora estão de fora do primeiro escalão do Governo, André admitiu que as siglas poderão indicar os nomes, "mas não necessariamente". O governador eleito explicou que os indicados deverão ter o perfil técnico das secretarias e garantiu que, depois de pronta, a reforma administrativa resultará em economia para os cofres públicos, pois mesmo com a criação de novos cargos, nem todos serão nomeados.

Fôlego

O governador eleito confirmou que conseguiu junto à Petrobras fôlego para os quatro primeiros meses de governo. Segundo Puccinelli, a direção da empresa aceitou congelar a dívida que receberá de Zeca do PT, de R$ 133 milhões, por quatro meses. “Somente depois disso vamos nos reunir novamente para discutir como pagar a dívida”, informou.

Puccinelli lembrou que herdará também débitos de R$ 852 milhões em precatórios, R$ 1,6 bilhão com a União e entre R$ 50 e R$ 80 milhões em dívidas de “curtíssimo prazo”, com fornecedores diversos. “Esses vamos pagando conforme pudermos”, disse. Entre os débitos com precatórios, R$ 300 milhões são com a empresa Camargo Corrêa, referentes à pavimentação da BR-262.



Midiamax

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
20:20
Loteria
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)