Cassilândia, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

04/12/2017 17:30

Amante se finge de morta após ser jogada de ponte no PR

Midiamax

Uma senhora de 51 anos procurou a Polícia Civil do Paraná no último dia 22 de novembro para pedir a prisão de um homem com quem era amante. O homem, de 41 anos, teria jogado-a de uma ponte, e acreditado que ela estava morta.

Tudo aconteceu em junho deste ano, na Estrada da Graciosa, uma estrada dos tempos do Brasil colonial muito utilizada por turistas que passam por Curitiba para chegar a outros municípios da região.

Dirce*, a amante, disse que foi convidada a noite pelo rapaz, Amarildo*, para irem até à Estrada da Graciosa. “Naquele dia, ele me perguntou se eu conhecia a Graciosa. Nunca havia estado lá. Ele propôs pra gente ir. Estranhei, já era noite”, conta ela.

"Ele me levou lá para um passeio e disse que queria tirar umas fotos. Daí falou que queria uma só minha. Sentei na mureta da ponte e ele me empurrou", contou Dirce à reportagem do UOL. 

Dirce contou que ficou cerca de 30 minutos jogada no chão embaixo da ponte até que Amarildo fosse embora. "Caí e fiquei uma meia hora deitada de bruços, para ele pensar que eu tinha morrido. Umas três vezes ele veio ver se eu estava viva”, conta ela.

Amarildo foi preso preventivamente desde a última terça-feira (28). Sua esposa, Alice*, que disse que não sabia do caso de seu esposo até a divulgação da reportagem, contratou um advogado para tirá-lo da prisão.

A Polícia afirma que Dirce só pode ter sobrevivido à queda por causa da vegetação, bem densa na Estrada da Graciosa. A senhora conseguiu fugir em junho, mas manteve-se longe da Polícia desde então.

A amante diz que era apaixonada pelo rapaz, que costumava lhe dar presentes e dinheiro, mas que a relação dos dois mudou após ela descobrir que ele era casado, uma semana antes de ser jogada da ponte.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)