Cassilândia, Terça-feira, 22 de Maio de 2018

Últimas Notícias

28/07/2010 17:54

Amamsul concorda com redução de jornada no TJ/MS

Campo Grande News/ Denis Matos

A Amamsul (Associação dos Magistrados de Mato Grosso do Sul) divulgou nota em que apóia a iniciativa da administração do TJ (Tribunal de Justiça) de mudar o horário de funcionamento do órgão. Recentemente, a OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) sinalizou que é contra a medida.

O horário de funcionamento passaria a ser das 12 às 19 horas. Na justificativa apresentada pelo TJ, destacam-se os argumentos de contenção de gastos e melhoria do andamento das atividades.

De acordo com a Amamsul, a medida atende as determinações do CNJ (Conselho Nacional de Justiça), através da Meta 06, defendida pelo Conselho na redução e racionalização do consumo de serviços básicos. Também usa como justificativa a Resolução 88, de setembro de 2009, que regulamenta a jornada de trabalho no âmbito do Poder Judiciário Nacional.

Os magistrados ressaltam que, a princípio, parece que a redução de atendimento diminui a atividade judiciária. Mas o quadro não é esse. “Entretanto, é preciso ponderar que atualmente a máquina judiciária opera em dois turnos, para assegurar o atendimento diário contínuo de 10 horas, de 08 horas da manhã até às 18 horas da tarde, além, é claro do plantão judiciário que é ininterrupto em todas as comarcas do Estado. Assim, é fácil constatar que parcela importante da força de trabalho dedica-se exclusivamente, em turnos de revezamento, a assegurar o atendimento dos advogados e partes durante todo o expediente forense”, diz a nota.

Algumas áreas estão informatizando seus processos, o que tornaria obsoleta a necessidade de atendimento presencial.



Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 22 de Maio de 2018
10:00
Receita do dia
Segunda, 21 de Maio de 2018
10:00
Receita do dia
Domingo, 20 de Maio de 2018
15:18
Cassilândia/Itajá
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)