Cassilândia, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

14/10/2008 14:08

Alta do dólar impulsiona inflação de alimentos

A elevação do dólar impulsionou a inflação de alguns alimentos em Campo Grande na primeira semana de outubro sobre igual período de setembro, segundo o IPC/CG (Índice de Preços ao Consumidor da cidade de Campo Grande), calculado pelo Nepes (Núcleo de Estudos e Pesquisas Econômicas e Sociais). A farinha de mandioca foi o produto que apresentou a maior alta. Apesar do avanço de preços de alguns itens, o grupo alimentação registra variação de apenas 0,13%.

Apesar de leve, a inflação é significativa se considerar que nos meses anteriores, os alimentos vinham registrando deflações. Em setembro, o índice do grupo foi de -1,24%. “Apesar da queda generalizada nos preços das commodities, o aumento no valor do dólar afetou os produtos de alimentação no Brasil”, analisa o coordenador do Nepes, professor Celso Correia de Souza. “O aumento no preço do açúcar, ainda, pode estar relacionado com a queda na produção de açúcar na Índia, grande exportador do produto”, acrescenta.

Na primeira semana de outubro os produtos que apresentaram as maiores variações positivas foram: farinha de mandioca (23,23%), presunto (18,08%), beterraba (17,93%), açúcar (17,23%) e batata (12,96%). Já os itens que apresentaram as maiores quedas de preços foram: cebola (-38,91%), pimentão (-27,71%), berinjela (-24,29%), manga (-19,87%) e atum (-17,97%).

Carne

O subgrupo carnes também apresentou fortes variações. O preço dos miúdos de frango aumentou 12,93% em relação a primeira semana de setembro. Os cortes de carne bovina, que registraram os maiores índices positivos, foram costela (12,33%), filé mignon (11,30%), contrafilé (6,67%) e peito (5,49%).

Por outro lado, os cortes músculo, paleta e patinho registraram deflação em seus preços de 9,64%, 8,35% e 4,29%. O mesmo aconteceu com os cortes de carne suína. O preço da costeleta, pernil e bisteca registraram índices de -7,48%, -11,34% e -13,84%.






Osvaldo Júnior - Midiamax

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)