Cassilândia, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

10/10/2004 08:34

Alencar discute, na Rússia, embargo da carne brasileira

Carolina Pimentel/ABr

O vice-presidente da República, José Alencar, inicia na próxima semana uma viagem oficial a três países europeus - Rússia, Romênia e Portugal. Na capital russa, Alencar presidirá, pelo lado brasileiro, a terceira reunião da Comissão Brasileiro-Russa de Alto Nível de Cooperação, na terca-feira. Presidindo a parte russa estará o primeiro-ministro, Mikhail Fradkov. Criada em 1997, a Comissão tem como objetivo aprofundar as relações comerciais e políticas entre os dois países.

Um dos temas que deve ser discutido no encontro é o embargo imposto pelas autoridades russas à importacao de carne bovina brasileira depois da descoberta de um caso de febre aftosa no Amazonas. A área não é considerada livre da doença e nem exportadora. Segundo o secretário-executivo do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Márcio Fortes, além de agilizar o fim do embargo, o governo brasileiro vai propor aos russos que retirem o fator de origem ao calcularem as cotas para a carne bovina. Fortes explicou que o fator determina quanto a Rússia irá comprar de cada país.

De acordo com ele, com este tipo de divisão a Rússia acabou estabelecendo cotas melhores para os Estados Unidos e a Europa, o que prejudica o acesso do Brasil ao mercado russo. Fortes disse, ainda, que o privilégio dado aos norte-americanos e europeus pode estar refletindo a posição do governo russo sobre seu processo de entrada na Organização Mundial do Comércio (OMC). "O governo russo estaria considerando o voto americano e os votos europeus importantes para sua entrada", destacou o secretário.

Fortes ressalta que o Brasil quer tratamento igualitário." A entrada da Rússia na OMC é fator chave e vai determinar a evolução dessas negociações. O que nós pretendemos é que o tratamento dado ao Brasil não seja prejudicial ao país", destacou. Em contrapartida, os russos mostram interesse em obter uma posição "objetiva" do Brasil em relacao a sua entrada na OMC, segundo o secretário.

O governo também quer aumentar as exportacões de outros produtos brasileiros (açúcar, café, tabaco) e introduzir novos, como software bancário - a Rússia tem sérios problemas na área de seguranca bancária, movimentação financeira. " O Brasil é considerado hoje um dos líderes mundiais na área de software bancário", destacou Fortes. De janeiro a julho deste ano, os negócios entre Brasil e Rússia movimentaram US$ 1,2 bilhão. "São dois parceiros que se querem muito bem", disse.


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 09 de Dezembro de 2017
09:09
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)