Cassilândia, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

08/08/2005 08:02

Agrotóxicos: Governo regulamenta registro emergencial

Érica Santana/ABr

O Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento, em ação conjunta com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), vai regulamentar o registro emergencial de agrotóxicos em casos de pragas inexistentes no Brasil ou infestação de organismos vivos nocivos à produção agrícola; transmissores de doença à população humana e animal ou que sejam danosos ao meio ambiente.

A portaria que estabelece os critérios e procedimentos a serem adotados para análise e concessão de registro emergencial de agrotóxicos foi publicada nesta quinta-feira (03) no Diário Oficial da União (DOU) e será submetida a consulta pública por um mês, a contar de ontem. "O objeto da proposta de instrução normativa é regulamentar o registro de produtos para uso emergencial. São aqueles produtos que vão atender emergências quarentenárias ou fitosanitária e para controle de pragas e doenças para as quais não tem nenhum produto registrado", explica o com coordenador- geral de Agrotóxicos do Departamento de Fiscalização de Insumos Agrícolas do Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento (Mapa), Júlio Brito.

De acordo com o Mapa, só serão autorizados ingredientes ativos ainda não registrados no Brasil que se enquadrem como produtos de baixa toxidade ou periculosidade. Os produtos serão analisado pelo Comitê Técnico de Assessoramento para Agrotóxicos (CTA).

Segundo Brito, a autorização do uso emergencial de agrotóxicos só será regulamentado se for comprovada a necessidade. "Essas medidas serão tomadas sempre que forem detectadas por associações de produtores, entidades de pesquisas, associações de secretarias de agricultura em que fique caracterizado e nos comprovem que existem pragas de produtos vegetais que estão acarretando sérios prejuízos e danos a agricultura e que não exista nenhum controle autorizado e produto registrado". A ocorrência de emergência poderá ser indicada por órgãos governamentais dos setores da agricultura, da saúde ou do meio ambiente, instituições de pesquisa ou extensão rural ou por associações e cooperativas de produtores rurais.

Interessados em participar da consulta pública podem enviar sugestões tecnicamente fundamentadas para a Coordenação Geral de Agrotóxicos e Afins do Ministério do Meio Ambiente – Esplanada dos Ministérios Bloco D, anexo A, sala 340- cep 70.043-900 ou para o endereço eletrônico cfa@agricultura.gov.br .

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 09 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)