Cassilândia, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

16/04/2004 15:43

Agronegócio puxa consumo de energia elétrica no campo

Alana Gandra / Campo Grande News

O agronegócio foi a causa do aumento de 1% no consumo faturado de energia elétrica em janeiro deste ano, apurado pelo Departamento de Mercado da Eletrobrás. De acordo com o informe de mercado da Eletrobrás, a classe de consumo rural vem puxando o crescimento do mercado desde o ano passado. O segmento já representa 4,6% do mercado.

A informação é do chefe do departamento, Mário Daher. Segundo ele, o agronegócio repercute no mercado industrial, com reflexos na produção de tratores, colheitadeiras e demais equipamentos, assim como no consumo rural de energia, em função da eletrificação de fazendas e sua conseqüente expansão. Daher afirmou que a tendência é de que o consumo rural continue aumentando, com base em fatores positivos como a boa safra de soja e a ampliação das exportações.

De acordo com o especialista, o resultado de janeiro ainda não permite elaborar uma estimativa para o ano. O departamento de mercado trabalha com projeção de aumento de 4,7%, mas ainda é cedo para saber se essa meta será atingida, destacou Daher.

Em 2003, o consumo faturado de energia elétrica cresceu 3,7% em todo o país. Em 2002, o crescimento foi de 2,5%, mostrando o efeito de uma base mais baixa no ano anterior por conta do racionamento de energia. A maior retração dos últimos 50 anos foi sentida, porém, em 2001, na comparação com 2000, em plena crise energética, cuja queda alcançou 7,7%,.

Daher informou que estão sendo consolidados os dados de faturamento das empresas referentes a fevereiro, com previsão de servem divulgados até o final deste mês ou início de maio.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 10 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)