Cassilândia, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

23/02/2006 21:44

Aftosa:Proprietários do PR aceitam sacrifício de animais

ABr

Os proprietários das fazendas onde o Ministério da Agricultura detectou focos de febre aftosa informaram hoje (23) que aceitam o sacrifício sanitário de seus animais. Segundo nota divulgada pelo governo do Paraná, nenhum dos proprietários vai entrar com pedido de liminar na Justiça para impedir o sacrifício a fim de que o impasse técnico criado no estado em relação à aftosa seja definitivamente solucionado.

Segundo o diretor-geral da Secretaria da Agricultura, Newton Pohl Ribas, que participou de uma reunião com representantes das sete propriedades rurais interditadas no estado, quem entrou na Justiça deverá retirar a ação.

Entretanto, os criadores condicionaram o sacrifício imediato do rebanho à realização da necropsia nos animais sorologicamente reagentes. O material coletado será enviados ao Centro Pan-Americano de Febre Aftosa (Panaftosa) para realização de exames. "A necropsia será feita em alguns dos animais que serão sacrificados. Isso para que se tenha uma amostragem estatística dos animais soropositivos, que será enviada ao laboratório do Panaftosa", informou Ribas.

As seis propriedades rurais têm um rebanho estimado em 4.500 animais. São as fazendas Flor do Café, em Bela Vista do Paraíso; Santa Izabel, em Grandes Rios; Cesumar e Pedra Preta, em Maringá; e Alto Alegre e São Paulo, em Loanda. Os 4.500 animais somam-se aos 1.795 bovinos da fazenda Cachoeira, onde houve o primeiro foco.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)