Cassilândia, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

25/03/2014 10:45

Advogados são condenados por falsificar documento para lista sêxtupla da OAB

Migalhas

Dois advogados foram condenados a quatro anos de reclusão e 134 dias-multa pelo crime de uso de documento ideologicamente falso. Os causídicos teriam extraído cópias de peças processuais com o intuito de inserir a assinatura de um deles nos documentos para comprovar atuação forense, permitindo, assim, a inclusão de seu nome em lista sêxtupla destinada ao preenchimento de vaga reservada aos advogados no cargo de desembargador do TJ/RR. A decisão é da 3ª turma do TRF da 1ª região.

Em 1º grau, o juízo considerou que foram comprovadas a ocorrência e a autoria do crime e impôs as penas aos acusados pelo crime de falsificação de documento, previsto no artigo 297 do Código Penal. Ao recorrer da decisão, a ré alegou não ter participado de nenhuma montagem ou substituição de peças em processos, não ter assinado documentos para o corréu, e não ter praticado qualquer ilicitude que viesse a caracterizar fraude.

O relator convocado, juiz Federal Alexandre Buck Medrado Sampaio, ressaltou que, "quanto à materialidade e à autoria, a prova é cabal. (...). A existência do crime está sobejamente provada por meio de laudo de exame documentoscópico (...) em que os peritos atestaram ter partido do punho subscritor dos acusados as falsificações submetidas a exame".

Entretanto, segundo o magistrado, o crime cometido pelos réus diz respeito ao uso de documento ideologicamente falso, "cuja pena remonta ao artigo 299 do Código Penal", avaliou o juiz. Mesmo alterando a tipicidade do crime, o relator manteve inalterada a dosimetria. A turma seguiu à unanimidade o voto do relator.

Processo: 0001415-58.2003.4.01.4200

Fonte: TRF da 1ª região

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 12 de Dezembro de 2017
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)