Cassilândia, Domingo, 11 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

15/09/2005 07:05

Advogado de Severino diz que secretária cumpriu pedido

Lilian de Macedo/ABr

O advogado do deputado Severino Cavalcanti (PP-PE), José Eduardo Alckmin, disse que no depoimento à Polícia Federal a secretária do parlamentar, Gabriela Kênia Martins, lembrou a origem do cheque divulgado ontem (14) pelo empresário Sebastião Buani.

Na residência oficial do presidente da Câmara dos Deputados, o advogado comentou, no final da noite de ontem: "Ela se lembrou. O cheque se refere a um pedido feito a ela pelo Júnior, filho do deputado e já falecido. Em 2002, ele concorreu ao mandato de deputado estadual e tinha que pagar algumas contas de campanha em Brasília".

Alckmin acrescentou que Gabriela Martins não sabe o motivo para o pedido de Júnior de um empréstimo a Buani. "O que ela fez foi cumprir um pedido de descontar o cheque", afirmou.

Segundo o advogado, a denúncia de Buani é "de uma inconsistência absoluta" e Severino não sabia dos empréstimos. Alckmin disse também que um empresário conhecido apenas como Fabiano poderá confirmar as informações relatadas. "Ele é de Brasília, mas eu não sei o nome todo dele. Vamos conseguir confirmar esta história com o prestador de serviços e não será difícil localizá-lo. Ele presta serviços de material de campanha eleitoral", informou.

De acordo com Alckmin, o filho de Severino Cavalcanti contratou os serviços de Fabiano para a elaboração de sua campanha eleitoral em Pernambuco, em 2002. Neste mesmo ano, Severino Cavalcanti Júnior morreu em um acidente de carro.



Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 11 de Dezembro de 2016
06:04
Fotogaleria
Sábado, 10 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)