Cassilândia, Quarta-feira, 21 de Agosto de 2019

Últimas Notícias

27/11/2018 15:30

Acusado de matar namorada e a filha diz que não se lembra do crime

Campo Grande News

Preso na tarde de ontem (26) após tentar assaltar uma mulher de 68 anos para continuar fugindo, Marcos Fioravanti Neto, 22, afirmou não se lembrar de ter assassinado a namorada, Maiana Barbosa de Oliveira, 20, e a filha do casal, Dandara, de um mês de vida.

As mortes ocorreram na noite de domingo (25), em uma casa na Rua Humaitá, no Jardim São Pedro, região sul de Dourados – cidade a 233 km de Campo Grande. Maiana e Dandara foram mortas a golpes de faca. Os corpos foram encontrados por volta de 11h de ontem.

De acordo com policiais de Glória de Dourados, cidade a 85 km de Dourados, onde Fioravanti Neto foi preso, ele contou que na manhã de segunda-feira furtou uma bicicleta no bairro João Paulo II em Dourados e chegou a Vicentina, a 50 km do local do crime.

Em Vicentina, o rapaz disse que furtou uma moto e chegou a Glória de Dourados. Por volta de 17h30, ele tentou assaltar a moradora, mas foi dominado por outras pessoas e entregue à polícia. Marcos queria dinheiro para abastecer a moto e continuar a fuga em direção ao Estado de São Paulo.

Apesar de relatar todo o trajeto da fuga e dos crimes que cometeu até chegar a Glória de Dourados, Marcos afirma não se lembrar de ter matado a namorada e filha recém-nascida.

Na tarde desta terça-feira, a titular da Delegacia de Defesa da Mulher Paula Ribeiro e o delegado do SIG (Serviço de Investigações Gerais) Rodolfo Daltro vão até Glória de Dourados, para ouvir o depoimento de Marcos Fioravanti Neto, membro de família tradicional e neto do primeiro tabelião de Dourados.

Ontem o Campo Grande News apurou que o rapaz tinha sido detido em julho deste ano quando perseguia capivaras com dois cachorros da raça Rotweiller, no Parque Ambiental Arnulpho Fioravante, perto do shopping da cidade.

Levado para a 2ª Delegacia de Polícia para elaboração do termo circunstanciado, o rapaz sacou uma porção de maconha do bolso e enrolou um cigarro com a droga, na frente dos policiais. Familiares afirmam que ele tem distúrbios mentais.

Velório – Os corpos de Maiana e Dandara estão sendo velados em Rio Brilhante, onde moram os familiares das vítimas. Maiana cursava o primeiro ano de história na UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados) e estava na cidade com a filha para passar o fim de semana com Marcos.

Capoeirista e militante em defesa das minorias e contra o racismo, Maiana e a filha serão sepultadas às 15h30 em Rio Brilhante.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 21 de Agosto de 2019
09:00
Santo do Dia
Terça, 20 de Agosto de 2019
11:00
Mundo Fitness
10:00
Receita do Dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)