Cassilândia, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

20/02/2010 07:24

Acusadas por aborto vão ao STJ para impedir júri na 4ª

Campo Grande News/ Edivaldo Bitencourt

As acusadas por aborto recorreram ao Superior Tribunal de Justiça para impedir a realização do júri popular na próxima quarta-feira em Campo Grande. O julgamento do habeas corpus impetrado pela psicóloga Simone Aparecida Cantagessi de Souza será julgado pelo ministro Félix Fisher.

Outra acusada, Libertina de Jesus Centurion, também ingressou com habeas corpus nesta semana. Outros processos, agravos, das mulheres estão tramitando no STJ, mas ainda não foram julgados.

No mês passado, o juiz da 2ª Vara do Tribunal do Júri, Aluízio Pereira dos Santos, negou os pedidos das quatro acusadas de cometer o crime de aborto em 25 ocasiões na Clínica de Planejamento Familiar, da ex-médica Neide Mota Machado, que supostamente cometeu suicídio.

O júri será um dos mais importantes na história da Justiça estadual e deverá mobilizar a Igreja Católica, que condena a prática, e o movimento de mulheres, que defendem a liberdade de escolha feminina em relação ao aborto.

Também vão a júri Rosangela de Almeida e Maria Nelma de Souza.



Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 10 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)