Cassilândia, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

14/12/2008 14:53

Ação de juiz contra promotor aguarda contestação

TJGO

Está aguardando contestação do promotor de justiça Saulo de Castro Bezerra, ação de indenização por danos materiais e morais ajuizada pelo juiz Avenir Passo de Oliveira, da 3ª Vara da Fazenda Pública Estadual de Goiânia. Em texto encaminhado a este Centro de Comunicação Social (CCS), para divulgação, o juiz informou que a ação que tramita na 2ª Vara da Fazenda Pública Estadual de Goiânia, foi ajuizada em 26 de novembro em razão de entrevista coletiva concedida pelo promotor em 6 de dezembro de 2005, à época procurador-geral de Justiça do Estado de Goiás. Na ocasião, ele anunciou à imprensa que possuía provas de que Avenir havia vendido sentença para o empresário Carlinhos Cachoeira, com intermediação do procurador de justiça Roldão Izael Cassimiro.

Segundo Avenir, ao fazer as afirmações o promotor “estava se baseando em uma fita cassete gravada de forma clandestina e depois montada pela advogada Marta Bento Rocha, ex-mulher de Roldão, que narrava diálogo entre ela o marido”. Na conversa, o nome do juiz era citado. Avenir observou que Saulo tentou “execrá-lo publicamente” e que o promotor de justiça sabia que a fita cassete, “que guardava havia três anos”, era ilícita e montada por Marta para se vingar de Roldão, contra quem, segundo alega o juiz na ação, ela tentou homicídio, estando inclusive foragida atualmente, com prisão preventiva decretada. Para o juiz, como seu nome foi citado na fita, o promotor “tinha o dever de encaminhá-la imediatamente ao presidente do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJGO). Há três anos Avenir requereu ao TJGO que apurasse a acusação e no procedimento, alega que o processo de apuração está há mais de seis meses em poder do Ministério Público (MP) “nada tendo sido provado” em seu desfavor. (Patrícia Papini)

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)