Cassilândia, Domingo, 11 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

09/03/2007 07:24

Absolvido de morte de eletricista e do próprio filho

TJ/GO

Em sessão realizada nesta manhã (8), no auditório do 1º Tribunal do Júri de Goiânia, o comerciante Jurandy Rodrigues da Silva, de 33 anos, foi absolvido da acusação de matar seu filho Maycow Yuri Rodrigues, de 3 anos, e o auxiliar de eletricista Aladim Eugênio Ferreira, 21. O disparo foi direcionado ao auxiliar mas, depois de perfurar-lhe o tórax, o projétil saiu pelas suas costas e atingiu Maycow, acidentalmente, na cabeça. A criança estava apenas alguns metros atrás de Aladim.

Durante o julgamento, o promotor Abrão Amisy Neto retificou a posição inicial do Ministério Público (MP), pedindo em plenário a absolvição do réu por entender que ele agra em legítima defesa, tendo concordância dos advogados Ricardo Silva Naves e Murilo Lopes de Mendonça.


Crime

Segundo a denúncia, o crime ocorreu por volta das 19h30 de 5 de novembro de 2000, no Jardim Europa, em frente ao bar e salão de jogos, de propriedade de Jurandy. Aladim havia ido ao estabelecimento acompanhado da namorada, Eleusa Cândida da Silva, e de uma amiga, Maria do Socorro Ferreira da Mata, quando, em um certo momento, ele e o réu começaram a discutir.

Com intuito de cessar os ânimos dos dois, Gleice Alves da Silva - mulher de Jurandy - alertou a vítima de que iria chamar a polícia, tendo sido impedida por Maria do Socorro, com quem iniciou uma briga. Ao ver a situação, Jurandy tentou conter sua mulher, sendo agarrado pelas costas por Aladim. Eles voltaram a brigar, porém, pela posse da arma que estava em poder de Jurandy, instante em que houve o disparo. (Sheila Cavalcante)

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 11 de Dezembro de 2016
06:04
Fotogaleria
Sábado, 10 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)