Cassilândia, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

01/03/2016 11:00

A eficácia dos alimentos funcionais no emagrecimento

Nature Center

Quem nunca prometeu começar o ano fechando a boca, mudando hábitos e colocando em prática o famoso “projeto verão”? Todos querem entrar em forma e conseguir vestir a fantasia de Carnaval sem brigar com o espelho. Nessa época de calor, sol e praia, a correria para emagrecer rápido é evidente em academias, clínicas de estética e lojas de suplementos. Prova disso é que a busca por produtos que auxiliem no processo de emagrecimento nessa época do ano sofre um grande aumento graças a fama do brasileiro de deixar tudo para última hora. Mas, será que é possível acelerar este processo sem colocar a saúde em risco?

Os super alimentos
Não é mais um modismo, os tais “alimentos funcionais” são comprovadamente benéficos a saúde e muitos deles fazem parte da cultura milenar. Além dos usuais nutrientes, os alimentos que se encaixam nessa categoria são capazes de favorecer os processos fisiológicos, acelerar o metabolismo e prevenir doenças crônicas. Uma dieta balanceada composta ou suplementada por alimentos funcionais pode resultar em qualidade de vida e saúde a longo prazo. Tanto que já é possível encontrar diversos suplementos a base desses alimentos, demonstrando que as pessoas estão cada vez mais preocupadas em perder peso de forma saudável. De acordo com Arthur Hickson, da Nature Center “Os produtos dessa linha normalmente são procurados por pessoas que além de querer emagrecer, estão preocupadas com a saúde. Elas querem benefícios além da estética.” Conheça os principais alimentos funcionais ligados ao emagrecimento:

Óleo de Cártamo
Existem registros do cultivo dessa planta há milênios por todo o mundo, porém apenas recentemente o cártamo tem sido apontado como potente aliado a perda de peso. O seu óleo possui propriedades consideravelmente nutritivas: sua alta concentração de Ômega 6, Ômega 9 e outros ácidos graxos tem efeito sob funções cerebrais como memória e concentração. Outro fator relevante é a presença de fito esteróis em sua composição. Essas substâncias são conhecidas por reduzir o triglicérides, agindo como coadjuvantes na prevenção de doenças associadas ao colesterol ruim. As vitaminas e proteínas presentes no cártamo também colaboram para coagulação do sangue e na formação do tecido ósseo. Além disso, estudos em andamento ainda debatem sua possível ação sob o controle da diabetes e outras doenças relacionadas a obesidade.

Óleo de Chia
Originária do México, esta planta tornou-se a queridinha dos nutricionistas nos últimos anos. Assim como o cártamo, suas principais propriedades funcionais advém dos altos níveis de gorduras poli insaturadas e ácidos graxos. Porém, ela também traz diversas outras vantagens ao organismo: é uma excelente fonte de fibras, proteínas e aminoácidos essenciais. A presença do ácido clorogênico é a característica que torna este alimento um grande aliado ao emagrecimento pois ele atua diretamente na absorção de glicose do organismo. Basicamente a ação dessa substância retarda todo processo da quebra e liberação de glicose no sangue, afetando a produção da insulina e trazendo vários impactos sob o organismo: controle da diabetes, sensação de saciedade, redução do acúmulo de gorduras, entre outros. Além desses benefícios, o extrato de chia ainda tem efeito desintoxicante, fortalecedor dos ossos e antienvelhecimento.

Óleo de Coco
Talvez o mais popular dos alimentos funcionais, o coco tem sido alvo de diversos estudos que visam comprovar sua eficácia no emagrecimento. A grande controvérsia é apesar que apesar de sua alta concentração de gorduras saturadas, nutricionistas tem indicado o óleo desse fruto para aqueles que desejam benefícios a saúde a boa forma. A explicação para essa questão é que este óleo é rapidamente absorvido e sintetizado pelo fígado, fornecendo energia ao organismo e impedindo o acúmulo de gorduras no corpo. Porém, polêmicas à parte, o fato é que o óleo de coco traz benefícios à imunidade pois contém ácido láurico – eficaz no combate à vírus, fungos e bactérias. Como toda gordura, também é um aliado contra a prisão de ventre, melhora a flora intestinal e todo o funcionamento do sistema digestivo. Por fim, a presença de antioxidantes ajuda na prevenção do envelhecimento precoce e também traz vários benefícios a beleza de pele, unhas e cabelos.

Mas consumir óleo não engorda?
Pergunte a qualquer pessoa qual o maior vilão da balança e boa parte vai responder: gorduras. O conhecimento popular é quase unanime: gordura faz mal e deve ser evitada. Mas será que é exatamente isso? De acordo com especialistas o consumo de gorduras deve ser controlado, mas jamais eliminado. Os nutrientes vindos de gorduras boas são tão essenciais ao organismo quantos os de qualquer outro alimento considerado “saudável”. O importante é saber identificar quais gorduras devem ser consumidas, e aquelas que de fato deve ser evitadas.

Como as gorduras boas podem ajudar a emagrecer: gorduras provenientes de alimentos como o óleo de cártamo e chia são gorduras poli insaturadas. Esses ácidos graxos não são produzidas pelo nosso organismo, sendo que falta de aporte dessas gorduras pode resultar em diversos problemas de saúde que podem ser evitados simplesmente com a ingestão desses nutrientes. Estudos comprovam que o equilíbrio dos níveis de gorduras boas é essencial para o funcionamento do metabolismo celular, do fornecimento de energia e principalmente da própria queima de gordura do organismo. Na contramão das gorduras saturadas, o óleo de coco é extremamente recomendado, pois quando administrado adequadamente promove maior quebra das gorduras do que outros óleos refinados. É importante esclarecer que o processo de digestão das gorduras é mais lento que de outros nutrientes e por isso, mantém o corpo saciado por mais tempo, evitando comilanças.

Atualmente as dietas de baixo consumo ou total restrição de gordura estão na moda, mas é essencial o aporte mínimo de gorduras boas para o funcionamento do organismo. Para aqueles que querem evitar e não se confundir na escolha da gordura, a suplementação através de óleos funcionais é uma boa saída.

A polêmica do termogênico
Muito se tem falado sobre os riscos do uso de suplementos para emagrecer, ainda mais após o caso da jovem goiana que morreu após supostamente usar um suplemento termogênico. Apesar do caso ainda estar sob investigação é preciso esclarecer alguns pontos em torno do suplemento. No Brasil determinados produtos dessa categoria são de livre comercio e até dispensados de registro na Anvisa. É o caso de termogênicos a base de cafeína e outras substancias naturais, pois funcionam como energéticos e não oferecem grandes riscos à saúde quando administrados de forma correta e sem ultrapassar a dosagem recomendada. Conforme alerta Hickson “As pessoas devem estar atentas a procedência do produto e sua composição no momento da aquisição. No mercado negro é relativamente fácil encontrar termogênicos com efedrina em sua composição. Estes sim, podem causar sérios riscos à saúde” A efedrina é uma substância terminantemente proibida no Brasil e seu consumido deve ser totalmente evitado pois oferece riscos ao sistema cardiovascular, dependência e o chamado “efeito rebote” – quando recupera-se o peso perdido (ou até mais) com o uso da substância. Mas isso não significa que o uso de termogênico deva ser demonizado “Apesar dessa polêmica em torno do termogênico, existem produtos seguros para as pessoas que procuram perder peso, como aqueles à base de café verde e óleo de coco por exemplo, totalmente naturais e livres de substâncias ilícitas.”

A dose perfeita
Com tantas informações expostas diariamente na mídia é fácil se confundir. Qual seria então a forma mais pratica e segura de consumir os alimentos funcionais e aproveitar todos os benefícios oferecidos? Muitos famosos já aderiram ao uso do óleos funcionais no dia-a-dia, incluindo na dieta, nas bebidas matinais ou nos suplementos. Para aqueles que querem ganhar tempo e poder consumir independentemente do local onde estejam, o consumo em forma de cápsulas é o mais recomendado. Porém é preciso cautela na administração, assim como todo suplemento deve ser acompanhado por um nutricionista e no caso dos óleos é preciso um cuidado redobrado. Por se tratar de gorduras seu consumo nunca deve ultrapassar a quantidade recomendada e ainda é necessário ficar atento para a dieta, controlando o consumo de outras gorduras ao longo do dia para não sabotar o emagrecimento.

A grande novidade é que já não é preciso escolher entre um desses óleos funcionais, no mercado já existem produtos que combinam os principais componentes – “As pessoas realmente estão adeptas ao uso de funcionais e por isso as pesquisas avançaram nesse campo. Já existem suplementos que são literalmente uma dose perfeita dos melhores componentes de cada óleo funcional, ajudando a pessoa a consumi-los em um única capsula na medida correta.” – enfatiza Arthur Hickson.

Ainda ganha-se em saúde por contar com a combinação de outros nutrientes na sua formulação. Como por exemplo o Picolinato de Cromo –componente natural que ajuda a controlar o desejo por doces e carboidratos – grandes inimigos da dieta. Como se não bastasse, a combinação com a vitamina E ainda favorece a regeneração muscular, tão importante para os praticantes de atividade física.

Ainda dá tempo
Devagar e sempre – esse é o lema que deve ser seguido por todos que desejam entrar em forma, o objetivo não deve ter data. Obviamente todo estímulo que uma época ou uma comemoração dá é válido e deve ser aproveitado como ponto de partida para uma mudança de hábitos. Ainda mais importante do que ter é manter, e com a ajuda dos suplementos funcionais é possível acelerar esse processo, mantendo sempre em mente que a saúde deve vir em primeiro lugar. É possível conseguir aquela força para continuar ao olhar no espelho e ver os resultados dia a dia. Nenhuma fórmula é mágica, alimentação saudável e atividade física ainda são indispensáveis para os que desejam entrar em forma. O auxílio de profissionais, suplementos saudáveis e muita força de vontade podem ser de grande valia no processo, seja no Carnaval ou em qualquer época do ano.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)