Cassilândia, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

03/10/2015 15:30

9 erros de português na entrevista de emprego

Vagas.com.br

Profissionais estão assassinando a gramática e cometendo erros de português na entrevista de emprego. Levantamentos feitos por empresas do segmento apontam que a taxa de reprovação dos candidatos na etapa de “ditado” e “redação” aumentou 60% nos últimos anos.

O dado é assustador porque, além de ferir os ouvidos do interlocutor, quem comete erros gramaticais pode prejudicar sua imagem e jogar pelos ares as melhores oportunidades de trabalho.

Os candidatos cometem erros bem variados, mas muitos – muitos mesmo – são de ortografia. Pior que isso – erram palavras que deveriam fazer parte do seu dia-a-dia. Ficou preocupado? Confira a seguir 9 erros de português que você não deve cometer nem no Whatsapp, quanto mais em um processo de seleção:

1 – “Segue os relatórios…”
Regra número um da concordância verbal: o verbo concorda com o sujeito, mesmo quando o sujeito vem depois, como é o caso acima. O correto é “seguem os relatórios”, no plural, ou “segue o relatório”, no singular. Atenção também quando a frase é longa. Nunca diga “O dono desses carros são felizes”, ok? O “dono”, núcleo do sujeito da oração, está no singular e é também no singular que o verbo deve ficar.

2 – “Eu vou estar estudando inglês no próximo ano.”
O nome disso é “gerundismo” e o resultado é tenebroso para sua imagem. Não tente enfeitar o discurso com ele. O melhor é dizer “Eu vou estudar inglês no próximo ano”. Simples e eficiente.

3 – “Ele falou pra mim fazer.”
Você diz “Mim vai almoçar”? Não! “Mim” não faz nada porque jamais pode ser o sujeito da oração. O correto é “Ele falou para EU fazer”. Pode parecer estranho, mas é o certo e, se você começar agora a falar assim, logo vai se acostumar. Só use o “mim” em casos deste tipo: “Ele gostou de mim” ou “Ele fez o relatório para mim”.

4 – “Houveram problemas no seu voo.”
Errado. O correto é “houve problemas no seu voo”. Sabe por quê? Haver no sentido de existir não tem sujeito, por isso fica sempre na terceira pessoa do singular. Exemplo: Há dez problemas, houve dez problemas, haverá dez problemas.

5 – “Esse curso é gratuíto.”
Não, não é… Ele é “gratuito”. Como não há acento agudo no i, o correto é falar com a sílaba tônica no “u”, como se fosse gratúito.

6 – “Porque eu não fui promovido?”
Vamos lá:
– Use “por que” separado no início de uma pergunta.
– Use porque junto na resposta, por exemplo: “Você não foi promovido porque não sabe escrever”.
– Use “por quê” separado e com acento quando ele estiver sozinho ou no fim da pergunta. Assim: “Você acredita nisso? Por quê?”.
– Use “por que” separado e sem acento sempre que ele puder ser substituído por “por qual motivo”. “Eu não sei por que não fui promovido” (“eu não sei por qual motivo não fui promovido”)
– Use “porquê” junto e com acento quando ele vier com o artigo “o” e puder ser substituído por “motivo”. “Eu não sei o porquê de tanta confusão.”

7 – “Estou muito ancioso para conseguir um emprego.”
Você esta “ansioso”, tenho certeza. Com “s” SEMPRE.

8 – “Eu tive muita assertividade nos testes.”
Não, você teve muitos acertos. Ter “assertividade” significa falar de forma clara, direta e objetiva. Não quer dizer que você tenha acertado alguma coisa.

9 – “Vamos se ver amanhã?”
Vamos relembrar os pronomes reflexivos: Eu me encontro, Tu te encontras, Ele (Você) se encontra, Nós nos encontramos, Vós vos encontrais, Eles (Vocês) se encontram. Da próxima vez, por favor, diga “Vamos nos ver amanhã?”. Combinado?

Ah, sim, sobre os erros de ortografia… Na dúvida, consulte sempre um dicionário. Há vários, gratuitos, na internet mesmo. E, para começar a errar menos, experimente parar de usar o corretor ortográfico automático. Ele pode “emburrecer” seu cérebro, viu? 

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 06 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
09:00
Maternidade
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
21:32
Loteria
13:15
Cassilândia
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)