Cassilândia, Sábado, 27 de Fevereiro de 2021

Últimas Notícias

12/04/2017 10:20

4 anos após assumir BR-163, CCR pede revisão do congrato à ANTT

Midiamax

Quatro anos depois de assumir a BR-163, depois de leilão realizado pela ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres), a CCR MS Vias quer mudar as regras do contrato firmado com a União. A empresa fez o pedido de revisão contratual à agência, que avalia o pedido sem fornecer detalhamento nem dar prazo.

Para o Setlog (Sindicato das Empresas de Transporte de Cargas e Logística de MS), o pedido da empresa tem a ver com mudanças nas metas estabelecidas para obras e serviços na via. “Eles não conseguiram fazer tudo que estava previsto, devido ao fluxo menor do que o esperado, afirma o assessor do Setlog,Dorival Oliveira.

Revisão

Nesta quarta-feira, o presidente da empresa, Roberto de Barros Calixto, explica em entrevista coletiva o pedido realizado à ANTT. A solicitação ocorre poucos meses depois de a empresa receber autorização, em setembro do ano passado, para reajustar em pouco mais de 8% o valor do pedágio cobrado nas 9 praças localizadas na BR-163. O pedágio começou a ser cobrado em 2015.

A CCR MS Via administra trecho de 847,2 quilômetros da BR-163, que cruza Mato Grosso do Sul de norte a sul. A concessão foi dada em 2013, pelo prazo de 30 anos.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 27 de Fevereiro de 2021
Sexta, 26 de Fevereiro de 2021
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)