Cassilândia, Quinta-feira, 18 de Julho de 2019

Últimas Notícias

20/02/2019 14:46

"Temos que ajudar o Presidente Bolsonaro", afirma Deputado Cel. David

Redação
Temos que ajudar o Presidente Bolsonaro, afirma Deputado Cel. David

Reeleito com 45.903 votos, o Deputado Estadual Coronel David - PSL, concedeu entrevista na Capital destacando o que pretende fazer neste mandato, destacando a situação de Cassilândia e da Região do Bolsão. Confira:

Nas últimas eleições, o senhor foi reeleito com 45.903 votos, o que representou mais 1 voto a cada 30 eleitores que votaram em algum candidato para deputado Estadual. A que fatores o senhor atribui esse abundante número?

CD: Olha, primeiramente eu atribuo o fato de ter recebido uma votação tão expressiva ao apoio que recebemos do presidente Jair Bolsonaro, de caminharmos juntos e defendermos os seus ideais aqui em Mato Grosso do Sul. Isso foi fundamental para conseguirmos um excelente resultado nas eleições de 2018. Tem também o fato de estarmos trabalhando incansavelmente pela melhoria da segurança pública em nosso Estado, que sempre foi um grande anseio da sociedade, além da nossa luta por uma educação e saúde, que é o que a população também deseja.

MS, assim como o Brasil elegeu um número maior de representantes considerados conservadores, grande parte deles, seguiram o fenômeno Bolsonaro, a onda conservadora do Brasil é natural? Deve-se a fatos ou a popularidade/populismo do Bolsonarismo?

CD: Sim, é uma onda que está surgindo após anos de governos esquerdistas que levaram o Brasil ao colapso que vimos acontecer. O presidente Bolsonaro quer acabar com a corrupção, que é a grande responsável por sangrar nosso País e deixar milhares de pessoas em uma situação de miséria. Há muito trabalho a ser feito, muitas áreas para serem corrigidas e aperfeiçoadas, e nós que estamos juntos com o presidente Jair Bolsonaro, temos que trabalhar para ajudá-lo a mudar o Brasil. Sempre de forma séria, defendendo os nossos ideais, combatendo qualquer tipo de corrupção.

O senhor desde o início rejeitou ser candidato ao Governo do Estado, mesmo sua candidatura sendo defendida por muitos aliados, e foi fundamental para manter o PSL ao lado de Reinaldo durante o pleito Eleitoral. Após as eleições, com tudo o que vem ocorrendo, dá para se falar que há uma crise no PSL? 

CD: Não sai candidato ao governo por entender que tinha uma missão de atuar no legislativo de Mato Grosso do Sul, que inclusive começamos esse grande trabalho a desde 1º de fevereiro. Além disso, apoiamos a reeleição do Reinaldo Azambuja assim como ele apoiou a eleição do Bolsonaro para presidente. Vamos trabalhar muito para ajudá-lo a fazer um segundo mandato que traga melhorias à população de Mato Grosso do Sul. Nosso Estado é rico, forte e a nossa gente merece uma qualidade de vida ainda melhor.

Em relação à disputa interna do PSL de MS...

CD: Sobre esse assunto, o tempo será o nosso grande aliado. Mas é fundamental lembrar que o presidente do PSL/MS, Rodolfo Nogueira, foi um dos grandes responsáveis por ajudar a eleger o Bolsonaro aqui em nosso Estado. Ele fez um trabalho excelente, como um verdadeiro líder, e nós o ajudamos da melhor maneira possível. Tivemos também o apoio de vários outros correligionários, entre eles do amigo e deputado federal eleito, Dr. Luiz Ovando, que sempre esteve conosco e acreditou no projeto do partido para as eleições.

E o que a população de Cassilândia e do bolsão sul-mato-grossense pode esperar do senhor nos próximos 4 anos?

CD: Tenho um carinho enorme pelo Bolsão, e claro, por todas as cidades dessa região tão timportante do nosso Estado. Quando assumi a cadeira na Assembleia, por 18 meses, no mandato passado, enviei uma emenda parlamentar para Cassilândia destinada à saúde. E com certeza, nesses próximos quatro anos, estarei atento às necessidades da Cidade Sorriso em todo Estado. Agradeço a todos pelo expressivo apoio e contem comigo sempre. Segurança, saúde, educação, proteção às nossas mulheres e crianças e uma política feita com ética e compromisso, serão prioridades em meu mandato.

 

 

 

Boa tarde amigos!
Sem dúvidas, Coronel será parceiro do Estado junto ao Governo Federal, para que se tenha uma política diferenciada, tendo como prioridade a segurança pública!

Abraços!
 
Everton Falcão em 20/02/2019 15:40:38
Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 18 de Julho de 2019
09:00
Santo do Dia
Quarta, 17 de Julho de 2019
10:00
Receita do Dia
Terça, 16 de Julho de 2019
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)