Cassilândia, Domingo, 20 de Maio de 2018

Últimas Notícias

21/02/2006 15:24

Fiscais agropecuários federais avaliam entrar em greve

Yara Aquino/ABr

Os fiscais federais agropecuários ameaçam entrar em greve a partir de março caso não sejam atendidas as reivindicações acertadas na proposta assinada pelo governo e pelos ficais na última greve do setor, em novembro de 2005.

Segundo o vice-presidente da Associação Nacional de Fiscais Federais Agropecuários (ANFFA), Wilson dos Roberto dos Santos, o indicativo é iniciar a paralisação no dia 6 de março, mas as negociações estão abertas com o governo. "Estamos preparados para isso, mas esperamos que o governo sinalize do outro lado", disse.

Preocupados com o indicativo de greve, representantes de setores privados, como o de avicultura, suinocultura e bovinocultura, se reuniram hoje (21) com membros da entidade para discutir o assunto. Eles estariam dispostos a procurar o governo para tentar evitar a greve, de acordo com o presidente executivo da Associação Brasileira dos Produtores e Exportadores de Carne de Frango (ABEF), Ricardo Gonçalves.

"Os fiscais poderiam amadurecer um pouco mais [a proposta de greve] para que o setor privado pudesse também conversar com o governo e sensibilizá-lo de que a greve neste momento seria complicada frente a essa situação internacional", avaliou. Os fiscais são responsáveis pela vigilância e liberação dos produtos agropecuários exportados e importados, logo, a greve resulta em prejuízos para os setores produtivos.

De acordo com ele, a paralisação agravaria as dificuldades enfrentadas pelos produtores e exportadores em razão da queda no preço do frango no mercado internacional. A retração ocorre pelo excesso de oferta devido à restrição de consumo nos países onde foram registrados casos de gripe aviária.

Dentre as reivindicações acertadas entre os fiscais e o governo após a greve de 2005 estão a aprovação de um plano de cargos e salários, a realização de concurso público e a equiparação salarial com os auditores da Receita Federal.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 20 de Maio de 2018
Sábado, 19 de Maio de 2018
10:00
Receita do dia
Sexta, 18 de Maio de 2018
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)