Cassilândia, Sábado, 23 de Setembro de 2017

Últimas Notícias

16/03/2005 15:55

Estiagem eleva preço da soja em 1% ao dia

Acrissul

A estiagem, responsável pela quebra de pelo menos 10 milhões de toneladas na produção de soja no País, fez com que o preço da saca tivesse alta média de 1% diariamente, nos últimos 30 dias. Ontem, a saca estava cotada a R$ 32,50, ante R$ 25 em 15 de fevereiro, o que representa elevação de 30% num mês. Além da estiagem, a reação do dólar (ontem chegou a US$ 2,776) e a especulação internacional também contribuíram para o aumento.

Embora não haja estimativa oficial, corretores trabalham com a expectativa de quebra de 1 milhão a 1,5 milhão de toneladas na produção de Mato Grosso do Sul, onde havia previsão de colher 5,2 milhões de toneladas nesta safra.

Supondo que a produção atinja 4 milhões de toneladas, o que representa 66,6 milhões de sacas, a elevação do último mês garante ganho de R$ 500 milhões à economia estadual. Isto, porém, é suficiente apenas para compensar as perdas com a estiagem. Ou seja, 86,6 milhões de sacas, como era a previsão inicial, renderiam R$ 2,165 bilhões ao preço de R$ 25 a unidade. Agora, com a alta, 1,2 milhão de toneladas a menos, o rendimento é o mesmo, R$ 2,164 milhões.

Porém, segundo o corretor Ronaldo Dávalo, a tendência é que o preço continue subindo até junho, prazo máximo em que os produtores podem segurar o produto, já que a partir daí vencem os financiamentos no Banco do Brasil. Se a tendência de alta persistir, a estiagem pode ter sido até benéfica para parte dos produtores.

Para Wilmar Hendges, porém, que também trabalha com corretagem de grãos, já está na hora de o agricultor vender parte da soja para garantir o pagamento das contas, já que o preço atual é suficiente para cobrir as despesas em regiões onde o rendimento atingiu média de 45 sacas por hectare.

Wilmar Hendges acredita que 40% da oleaginosa já tenha sido colhida em Mato Grosso do Sul. E com base nisso, estima que a quebra tenha chegado a 1,5 milhão de toneladas, superando os últimos prognósticos, que davam conta de queda de um milhão de toneladas.

Ronaldo Dávalo lembra que a elevação das últimas semanas terá efeito imediato na economia local porque neste ano poucos produtores negociaram a soja no mercado futuro. No ano passado, 65% da produção estava faturada quando os preços subiram e chegaram a R$ 52 a saca. Neste ano, a venda antecipada foi da ordem de 12%, acredita ele.

E é exatamente a expectativa de alta que está contribuindo para a onda de otimismo que tomou conta do mercado. Produtores estão se recusando a vender o grão e forçando os fundos norte-americanos (principais especuladores da commodity) a oferecer mais pelo produto. Ontem, por exemplo, a bolsa de Chicago subiu 26 pontos, operando próximo da alta máxima, que é de 30 pontos antes de sofrer interrupção, conforme Ronaldo Dávalo.

Fonte: Jornal Correio do Estado

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 23 de Setembro de 2017
Sexta, 22 de Setembro de 2017
Quinta, 21 de Setembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)