Cassilândia, Quarta-feira, 17 de Outubro de 2018

Últimas Notícias

06/05/2014 15:53

“É uma cicatriz que não se fecha”, diz mãe de mulher morta a pedradas

Campo Grande News

Mãe da dona de casa Laida Andréia Samulha Romualdo, 35 anos, morta a pedradas pelo ex-marido, Edna Samulha Romualdo da Cunha, 53, afirmou que sente até hoje a sua morte. “É uma cicatriz que não se fecha”, afirmou, logo após chegar ao Fórum de Campo Grande para a primeira audiência do caso, na 2ª Vara de Violência Doméstica.

Anderson César Firminino, 24, está preso e foi indiciado, apesar da crueldade do crime, por homicídio simples. Na tarde de hoje, o juiz José Carlos Coelho e Souza ouve as testemunhas de defesa (a mãe e o filho da vítima, o ex-namorado e um amigo) e o réu.

Antes de prestar depoimento, Edna fez um singelo protesto para pedir por mais Justiça. No 28 de dezembro do ano passado, Laida foi agredida a pedradas pelo ex-marido. A agressão ocorreu na frente dos dois filhos, de 3 e 5 anos de idade.

A mulher foi internada na Santa Casa e morreu no dia 9 de janeiro deste ano. Ela deixou seis órfãos de 3, 5,10, 12, 16 e 18 anos. Os quatro mais novos ficaram aos cuidados da avó.

Ontem, o juiz ouviu as testemunhas de outro caso de violência doméstica. Cira da Silva, 44 anos, foi mantida em cárcere privado pelo marido por 22 anos no Jardim Aero Rancho. O acusado, Ângelo da Guarda Borges, 58, está preso.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 16 de Outubro de 2018
Segunda, 15 de Outubro de 2018
11:00
Mundo Fitness
09:00
Santo do Dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)