Cassilândia Notícias

Cassilândia Notícias
Cassilândia, Sábado, 21 de Maio de 2022
Envie sua matéria (67) 99266-0985

Geral

São Paulo tenta hoje retornar ao G4 contra o Mirassol

Federação Paulista de Futebol - 12 de março de 2009 - 19:28

Depois de duas derrotas seguidas no Campeonato Paulista (contra Santos por 1 a 0 e Mogi Mirim por 2 a 0), o São Paulo enfrenta o Mirassol, décimo segundo colocado, em busca de recuperar a terceira colocação, já que, depois das vitórias de Santo André (contra o Mogi Mirim por 4 a 0) e Portuguesa (contra o Guaratinguetá por 1 a 0), a equipe do Morumbi caiu para a quinta colocação. Mesmo com os maus resultados, o São Paulo leva vantagem por realizar seus próximos dois jogos em casa, além do Mirassol, contra o Marília, e ter uma partida a menos que as outras equipes, já que ainda não jogou nesta rodada.



De acordo com o zagueiro Renato Silva, que aparentemente ganhou de vez a vaga de titular no time de Muricy Ramalho, o fato de a equipe jogar no Morumbi nos próximos jogos não é garantia de vitória. “A responsabilidade de jogar aqui é muito grande”, afirma o defensor, que também garante, apesar dos maus resultados, não haver má fase no São Paulo. “Apesar da derrota no jogo do Mogi, a equipe está em uma crescente, apesar de termos que lembrar dos reflexos da viagem a Cali (onde o São Paulo jogou na quinta-feira pela Copa Santander Libertadores). Tem que levantar a cabeça e saber nos concentrar para que a gente possa classificar para as finais do Paulista”.



Assim como Renato Silva, seu companheiro de zaga, André Dias, espera uma partida difícil na noite de hoje. “A gente tem a noção de que o Mirassol vai vir fechado e que um ‘vacilo’ pode gerar uma surpresa no Morumbi”, explica, deixando claro também que apenas um resultado positivo interessa hoje ao São Paulo. “Não tem motivo para temermos um resultado ruim, respeitamos o Mirassol, mas os torcedores que forem ao Morumbi vão ver um São Paulo bem melhor do que contra o Mogi. O que temos que fazer é sermos mais inteligentes e explorar a retranca do adversário”.



A partida de hoje marca a estreia de técnico Pintado, ídolo do São Paulo na década de noventa, no comando do Mirassol. Ele entra para substituir Roberval Davino, que foi demitido no último domingo. Mesmo sem conseguir vencer há quatro partidas, o novo treinador afirma que não deve realizar grandes alterações na equipe que vem jogando até então. “Não pretendo mudar muito. Tenho confiança no nosso grupo, que é muito bom, e espero conseguir um bom resultado hoje”, afirma. A única mudança na equipe do interior paulista deverá ser a saída de Acleissom, suspenso, para a entrada de Junior Maranhão.



Segundo o comandante, o fato dele já ter atuado na equipe adversária pode ajudar o Mirassol a conseguir um bom resultado no jogo de hoje. “Conheço muito bem o Morumbi e o São Paulo”, orgulha-se. “Sei que o campo é muito grande e dá espaço para os nossos atletas jogarem. Vamos enfrentar uma das maiores equipes do mundo, mas, pelo nível que é o Campeonato Paulista, não existe jogo fácil. Por isso acredito que qualquer estreia minha seria difícil”.



Ficha Técnica



São Paulo: Rogério Ceni; Renato Silva, André Dias e Miranda; Zé Luis, Jean, Hernanes, Jorge Wagner e Junior César; Borges e Washington.

Técnico: Muricy Ramalho.



Mirassol: Mauro; César, Márcio Santos e Bruno Aguiar; Andersom Paim, Júnior Maranhão, Luciano Sorriso, Rodriguinho, Roger; Luis Ricardo e Leandro Fonseca.

Técnico: Pintado.



Arbitragem: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral, Rafael Luiz da Silva e David Botelho Barbosa.

Local: Estádio Morumbi, em São Paulo

Data e horário: 12 de março, às 21h45.

SIGA-NOS NO Google News