Cassilândia Notícias

Cassilândia Notícias
Cassilândia, Sábado, 2 de Julho de 2022
Envie sua matéria (67) 99266-0985

Geral

Saiba quem tem mais propensão a desenvolver a osteoporose

Hospital São Domingos - 04 de maio de 2020 - 11:00

Saiba quem tem mais propensão a desenvolver a osteoporose

A osteoporose significa osso poroso, que é causado pela descalcificação progressiva dos ossos, tornando-os mais frágeis. A doença é marcada pela diminuição da massa óssea e piora a qualidade do osso, que se torna mais frágil. Quanto maior a fragilidade do osso, maior é o risco de uma fratura.

O osso é composto de células especializadas, colágeno e cálcio, que oferecem resistência à sua própria estrutura, mas aqueles que são afetados por osteoporose podem se quebrar com pequenas lesões que normalmente não causariam uma fratura em um osso normal.

A osteoporose é mais comum em pessoas do sexo feminino, mas apesar disso, os homens também podem ter a doença, que se torna mais frequente com o envelhecimento. Segundo especialistas, os ossos crescem até os 20 anos. A partir daí, a densidade aumenta até os 35 anos e começa a perda de massa progressivamente, ou osteoporose. O processo é mais rápido nas mulheres, principalmente após a menopausa.

As áreas mais comuns de serem afetadas pela osteoporose são a coluna vertebral, quadril, costelas e pulsos, mas pode ocorrer em qualquer osso do esqueleto.

Veja os fatores que podem causar a osteoporose

· Ser mulher, raça europeia ou asiática, com uma estrutura corporal pequena e magra.

· Ter uma história familiar de osteoporose e um histórico de fraturas na idade adulta.

· O consumo excessivo de tabaco e álcool.

· Falta de exercício ou imobilidade.

· Dieta baixa de cálcio, má nutrição e má saúde em geral.

· A má absorção, como na doença celíaca.

· Baixos níveis de estrogênio em mulheres, a menopausa ou remoção cirúrgica dos ovários.

· Baixos níveis de testosterona nos homens.

· A quimioterapia.

· Amenorreia ou perda da menstruação em mulheres jovens, associada a baixos níveis de estrogênio.

· A inflamação crônica devido a doenças crônicas, como a artrite reumatoide ou doença hepática.

· O hipertireoidismo e hiperparatireoidismo.

· Falta de vitamina D.

· Alguns medicamentos e seu uso a longo prazo, tais como heparina, prednisona ou anticonvulsivantes.

Os sintomas da osteoporose não são perceptíveis, ela é uma doença silenciosa e o paciente. A primeira forma de desconfiar que se tem o problema é a dor provocada pela fratura. Por isso é preciso fazer exames regulares.

Tratamento - Um médico deve ser procurado para dar o diagnóstico e indicar os medicamentos adequados. Porém o paciente pode praticar exercícios físicos, evitar o cigarro, os excessos de café e álcool, ter uma alimentação rica em cálcio e vitamina D.

SIGA-NOS NO Google News