Cassilândia Notícias

Cassilândia Notícias
Cassilândia, Quarta, 21 de Abril de 2021
Envie sua matéria (67) 99266-0985

Geral

Queda de 52% em abril de investimentos estrangeiros

Alana Gandra/ABr - 21 de maio de 2004 - 16:57

O diretor da Investe Brasil, Clementino Fraga Neto, informou que o balanço dos investimentos estrangeiros diretos em abril, de US$ 381 milhões, inferior em 52% aos US$ 796 milhões registrados em igual mês de 2003, pode ser explicado pela conjuntura internacional adversa e também pela remessa de divisas ao exterior por parte da Telefônica. O diretor da Investe Brasil destacou, entretanto, que, apesar da retração, o Brasil manteve sua posição de sexto país no fluxo mundial de investimentos. De janeiro a abril, os investimentos estrangeiros diretos no Brasil alcançaram US$ 3,1 bilhões. A Investe Brasil é a agência de fomento de investimentos no país, fruto de parceria entre o governo federal e o setor privado.

A alta da cotação do petróleo e a situação complicada no Oriente Médio, como a crise no Iraque, sinalizam que o fluxo de investimentos estrangeiros em 2004 deverá fechar em cerca de US$ 13 bilhões, meta projetada pelo BC, avaliou Fraga Neto.

Os Estados Unidos, com recursos de US$ 203 milhões, lideraram o "ranking" de investidores em abril, seguidos da Itália, com US$ 132 milhões, e Países Baixos, com US$ 73 milhões. O setor que concentrou o maior ingresso de recursos em abril foi o de energia, com US$ 134 milhões.

A entrada de investimentos estrangeiros diretos no Brasil em maio deverá ser afetada pela alta de preços do petróleo no mercado internacional, disse Fraga Neto. Para maio, de acordo com dados do Banco Central sobre o câmbio fechado até o momento, o mercado espera a marca de US$ 600 milhões em investimentos estrangeiros diretos.