Cassilândia Notícias

Cassilândia Notícias
Cassilândia, Quarta, 21 de Abril de 2021
Envie sua matéria (67) 99266-0985

Geral

Legistas tabalham na busca e remoção dos corpos

Antonio Arrais/ABr - 16 de maio de 2004 - 13:52

Uma equipe de dez médicos legistas do Instituto Médico Legal de Manaus seguiu hoje pela manhã para o local do acidente com o avião Brasília prefixo PT-WRO da empresa “Rico Linhas Aéreas”, que caiu na noite de sexta-feira a 20 quilômetros da capital do Amazonas, matando os 30 passageiros e três tripulantes do vôo.

A ida da equipe de médicos legistas vai facilitar a busca e remoção dos corpos das vítimas do desastre aéreo, uma vez que a equipe do Corpo de Bombeiros não tem esse tipo de experiência com corpos mutilados, tendo alguns bombeiros, inclusive, passado mal, diante do estado de mutilação dos corpos.

O estado de destruição dos corpos é tal que nem mesmo os médicos legistas puderem informar quantos corpos foram resgatados dentre os restos que chegaram ontem a Manaus. O processo de identificação, que será muito lento, será baseado em informações que serão tomadas dos parentes das vítimas, que responderão, a partir de hoje, a um formulário para detalhar características físicas, como cicatrizes, cor da pele e uso de próteses para, depois, serem feitos exames de DNA que possam determinar a identidade de cada uma das 33 pessoas mortas no acidente.

O gerente comercial da “Rico Linhas Aéreas”, Lucas Frade, confirmou, por intermédio da assessoria de imprensa da empresa, que a caixa preta do avião foi encontrada e já foi entregue ao Serviço Regional de Proteção ao Vôo, do Departamento de Aviação Civil (DAC), e sua leitura deverá ser concluída em cerca de 30 dias.

A maior dificuldade encontrada pelas equipes de resgate, que inclui bombeiros, Exército, Marinha, Aeronáutica, Polícia Federal, médicos legistas, funcionários do DAC etc. é o local da queda do avião, onde as equipes somente chegam por meio de helicóptero ou barco. Segundo informações da empresa aérea, as equipes esperam concluir o trabalho de busca e resgate dos corpos no máximo até amanhã.