Cassilândia Notícias

Cassilândia Notícias
Cassilândia, Sexta, 23 de Abril de 2021
Envie sua matéria (67) 99266-0985

Geral

Em 22 anos, produção agropecuária brasileira dobrou

Quando a comparação é entre os anos de 1995 a 2017, o Valor Bruto da Produção dobrou, sendo que a tecnologia foi responsável por mais de 60% desse crescimento.

Midiamax - 03 de dezembro de 2020 - 13:00

Em 22 anos, produção agropecuária brasileira dobrou

A agropecuária no Brasil segue se desenvolvendo, para se ter uma ideia, nos últimos 47 anos, o setor apresentou uma alta de, em média, 3,22% ao ano. Entre os censos de 2006 e 2017, a taxa de crescimento foi de quase 4,3%, superando Estados Unidos (1,9%), China (3,3%), Chile (3,1%) e Argentina (2,7%). Quando a comparação é entre os anos de 1995 a 2017, o Valor Bruto da Produção dobrou, sendo que a tecnologia foi responsável por mais de 60% desse crescimento.

Essas informações fazem parte de um levantamento presente no livro “Uma Jornada Pelos Contrastes do Brasil: Cem anos do Censo Agropecuário”, lançado pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), em parceria com o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) e o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Ao todo, foram necessário 64 pesquisadores de diversas instituições para traçar um diagnóstico atual da agropecuária brasileira. Essa pesquisa foi feita a partir de uma análise histórica e de informações estatísticas coletadas pelo censo agropecuário, realizado no país desde 1920.

É claro que existem inúmeros fatores que contribuíram para o desenvolvimento da produção rural no Brasil, como estímulos por parte do governo, investimento em tecnologia e movimentação de mercado com compra e venda de tratores, por exemplo.

Sendo assim a publicação, organizada pelos pesquisadores José Eustáquio Ribeiro Vieira Filho (diretor de Programa do Mapa) e José Garcia Gasques (coordenador-geral de Políticas e Informações do Mapa), foi dividida em análises de cinco temas: produção e renda, produtividade e inovação, agricultura familiar, políticas públicas e sustentabilidade produtiva.

Vale pontuar que a mudança na frota de tratores é um importante elemento que indica a modernização do setor. A oferta de máquinas agrícolas cresceu no país no mesmo contexto em que houve o avanço da soja e do milho, a partir da década de 1960, com o surgimento de variedades dos grãos mais adaptadas ao clima e condições do país.

Durante a cerimônia virtual de lançamento do livro, a ministra Tereza Cristina destacou que os dados serão fundamentais para o planejamento da agropecuária do futuro. “Precisamos de inteligência estratégica para crescer, planejar o futuro da nossa bem-sucedida agropecuária brasileira”.