Cassilândia Notícias

Cassilândia Notícias
Cassilândia, Domingo, 18 de Abril de 2021
Envie sua matéria (67) 99266-0985

Geral

Como foi a eliminação do Palmeiras da Copa do Brasil

Leonardo Lani/Campo Grande News - 21 de maio de 2004 - 08:03

Com o Parque Antártica lotado, o Palmeiras foi eliminado na noite de ontem da Copa do Brasil. O time alviverde empatou por 4 a 4 com o Santo André e, como o primeiro confronto havia terminado 3 a 3, o time do ABC ficou com a vaga por ter marcado mais gols fora de casa. Na próxima fase, o Santo André enfrentará o 15 de Novembro (Rio Grande do Sul).
A decepção desta noite foi mais um triste capítulo na história palmeirense na Copa do Brasil. Em outras edições da competição, o time foi eliminado pelo ASA de Arapiraca e amargou uma derrota por 7 a 2 para o Vitória, em casa. O vilão palmeirense voltou a ser o goleiro Marcos. Todos os quatro gols do Santo André foram marcados de cabeça, o último deles aos 44min do segundo tempo, por Tássio, depois que o camisa um alviverde demorou para sair do gol. No primeiro jogo, Marcos também errou nos gols do Santo André.
O Palmeiras se classificaria com um novo empate em até dois gols. Mas o que parecia uma satisfatória vantagem quase virou susto para a torcida quando Sandro Gaúcho, aos 12min, abriu o placar com um gol de cabeça para o Santo André. Empurrado pela torcida, o time alviverde conseguiu empatar ainda no primeiro tempo. Aos 17min, Marcinho chutou de longe e a bola desviou em Vagner. O goleiro Júnior, surpreendido, só pôde lamentar o gol. A virada palmeirense veio no minuto seguinte. Correa se adiantou à zaga do ABC e, com a mão, desviou cruzamento de Lúcio pela esquerda.
Em um ritmo alucinante, o jogo teve seu quarto gol aos 20min. Osmar, também de cabeça, empatou o placar. O empate por 2 a 2 classificaria o Palmeiras, mas Baiano aumentou a vantagem palmeirense ainda no primeiro tempo. Aos 39min, o lateral-direito, de falta, fez o terceiro. Aos 23min do segundo tempo, Vagner aumentou a vantagem palmeirense para 4 a 2. E os torcedores começaram a provocar o rival com o coro: Eliminado! Eliminado!
O Santo André não estava vencido na partida e, pelo alto, fez os dois gols que faltavam para garantir a classificação. O primeiro saiu aos 34min, quando Sandro Gaúcho ganhou de Marcos na disputa dentro da pequena área e fez o terceiro. A vaga veio no último minuto. Aos 44min, Tássio cabeceou sozinho dentro da área, depois de cobrança de falta. Marcos, que demorou para sair do gol, socou o gramado do Parque Antártica, em mais um vexame alviverde na Copa do Brasil. Com informações do site Terra Esportes.