Cassilândia Notícias

Cassilândia Notícias
Cassilândia, Sexta, 23 de Abril de 2021
Envie sua matéria (67) 99266-0985

Geral

​Governo de SP coloca estado todo na fase vermelha do Plano São Paulo

Restrições aumentam a partir de sábado (06). Escolas continuarão funcionando.

Redação - 03 de março de 2021 - 15:40

​Governo de SP coloca estado todo na fase vermelha do Plano São Paulo

O Governo de São Paulo​ colocou​ todo o estado na fase vermelha do plano de combate ao covid-19 a partir do próximo sábado (6).​ A medida foi anunciada pelo governador João Doria, durante entrevista coletiva nesta quarta-feira (3).

​A nova etapa, de maior restrição, terá duração de duas semanas.​ Ontem (2), o Brasil registrou 1.726 mortes, o pior dia da pandemia em um ano.

"Essa é a triste realidade de um país comandado por um negacionista, de um país que não tem Ministério da Saúde, na pior crise de saúde dos últimos 100 anos. Tenho compromisso com a defesa da ciência, da vida. São vidas que não voltam. Há 41 dias, o Brasil tem média de mil mortes por dia. Isso não é normal, não é banal, não é usual. É uma tragédia, que pode ser ainda pior", afirmou o governador.

​COMO FICA

Esta fase permite o funcionamento apenas de serviços essenciais da economia, como supermercados, farmácias, padarias, petshops, agências dos Correios, clínicas veterinárias, postos de combustíveis, farmácias e, agora, igrejas. Outros serviços como shoppings e comércio de rua não poderão funcionar.

"As escolas da redes públicas estadual e municipal e da rede privada vão continuar abertas, e vão atender os alunos. Exatamente como estava previsto", completou o governador.

Na configuração atual do Plano São Paulo, durante a fase vermelha, as escolas podem continuar recebendo alunos com o limite máximo de 35% da capacidade.

Nos últimos dias, o número de pacientes internados em leitos de UTI cresceram consideravelmente e há risco de colapso no sistema de saúde público e privado. De acordo com dados oficiais, 468 pessoas morreram de covid-19 em SP, o maior número desde o começo da pandemia, há um ano.

​"Esta segunda onda da covid atinge todo o Brasil e em São Paulo, só ontem, foram 468 pessoas mortas. Um recorde desde o início da pandemia. Parte dessa tragédia se deve à falta de coordenação, hombridade, seriedade, responsabilidade. É uma tragédia ter um presidente da república que é negacionista, que despreza a vida, ofende a existência. Estamos, hoje, à beira de um colapso", completou Doria.

O QUE PODE FUNCIONAR

-Escolas e universidades.

-Hospitais, clínicas, farmácias, dentistas e estabelecimentos de saúde animal (veterinários).

-Supermercados, hipermercados, açougues e padarias, lojas de suplemento, feiras livres.

-Delivery e drive thru para bares, lanchonetes e restaurantes: permitido serviços de entrega.

-Cadeia de abastecimento e logística, produção agropecuária e agroindústria, transportadoras, armazéns, postos de combustíveis e lojas de materiais de construção.

-Empresas de locação de veículos, oficinas de veículos, transporte público coletivo, táxis, aplicativos de transporte, serviços de entrega e estacionamentos.

-Serviços de segurança pública e privada.

-Construção civil e indústria.

-Meios de comunicação, empresas jornalísticas e de radiodifusão sonora e de sons e imagens.

Outros serviços: igrejas e estabelecimentos religiosos, lavanderias, serviços de limpeza, hotéis, manutenção e zeladoria, serviços bancários (incluindo lotéricas), serviços de call center, assistência técnica e bancas de jornais.