Cassilândia Notícias

Cassilândia Notícias
Cassilândia, Quarta, 24 de Julho de 2024
Envie sua matéria (67) 99266-0985

Política

Riedel anuncia repasse de R$ 72 mi em emendas na próxima semana; veja quanto poderá vir para Cassilândia

Deputados estaduais tiveram a confirmação que o repasse será efetuado integralmente antes das eleições

Campo Grande News - 19 de junho de 2024 - 15:00

Riedel anuncia repasse de R$ 72 mi em emendas na próxima semana; veja quanto poderá vir para Cassilândia
Presidente da Assembleia Legislativa, Gerson Claro (PP) ao lado do governador Eduardo Riedel (PSDB), em reunião com os parlamentares no gabinete da presidência, em agosto de 2023 (Foto: Arquivo/Luciana Nassar)

Presidente da Mesa Diretora, Gerson Claro (PP), anunciou nesta quarta-feira (19) que já está confirmado o pagamento das emendas parlamentares nos próximos dias. “O governador Eduardo Riedel (PSDB) virá no dia 25 de junho, às 14h30, para fazer o pagamento integral das emendas deste ano”, afirmou.

Ao todo serão repassados R$ 72 milhões, divididos pelos 24 deputados estaduais da Assembleia Legislativa. O valor representa 100% do montante pago na gestão anterior e 50% a mais do que o repasse do ano passado.

Cada parlamentar tem R$ 3 milhões para atender suas bases e também instituições que mantém ajuda. O pagamento será feito integralmente por conta do ano eleitoral, que estabelece prazos mais restritos para que o recurso seja repassado.

A maior parte dos repasses foi na modalidade convênio (521), fundo a fundo (353) e execução direta (10).   Das 890 indicações, 496 atendem a Saúde, 168 a Assistência Social, 163 a Educação, Fundesporte (28), Cultura (14), Desenvolvimento (6) e  outros (15).

Em 2023, o percentual na área de Saúde também foi acima do que previsto em lei, garantindo mais de R$ 30 milhões. Comparado aos repasses, o salto neste ano nos recursos para investimentos e custeio do atendimento à saúde para a população sul-mato-grossense teve um acréscimo de 40% nos recursos.

A Secretaria de Estado da Casa Civil está fechando os números. O último balanço divulgado com discriminação das cidades contempladas é de março deste ano. Confira abaixo:

SIGA-NOS NO Google News