Cassilândia Notícias

Cassilândia Notícias
Cassilândia, Quinta, 16 de Setembro de 2021
Envie sua matéria (67) 99266-0985

Geral

Zeca recebe cônsul-geral da Bélgica

Anderson Viegas/APn - 26 de setembro de 2003 - 07:23

O governador Zeca do PT recebe às 10 horas o cônsul-geral da Bélgica em São Paulo, Michael Ardui. Zeca vai apresentar ao representante belga as potencialidades do Estado nas áreas de ecoturismo e agronegócio, além das possibilidades que surgem com a viabilização de projetos estratégicos como os pólos gasquímico e minero-siderúrgico, a fim de que no futuro se estabeleçam parcerias entre o país europeu e Mato Grosso do Sul.

A representação belga é a sétima missão internacional a visitar o Estado somente este ano, com o objetivo de estreitar as relações com o governo. Em 13 de janeiro, o governador e o secretário de Estado de Coordenação Geral do Governo, Paulo Duarte, estiveram reunidos com o cônsul da Síria em Mato Grosso do Sul e Mato Grosso, Kabril Yussef, e o diretor do grupo multinacional Al-Hurr, Youssef Ammar, para discutir a possibilidade de investimentos no Estado, como a compra de açúcar, carne e minério de ferro, e a instalação de fábrica de cigarros para atender o mercado árabe, com a aplicação de US$ 100 milhões.

No mês seguinte, em fevereiro, dia 19, o vice-governador e secretário de Estado de Planejamento e de Ciência e Tecnologia, Egon Krakhecke, junto com Duarte, recebeu os cônsules japoneses Keiji Hamada (Assuntos Políticos) e Tatsuo Ueda (Assuntos Econômicos) para apresentar balanço da situação atual do Estado com o objetivo de subsidiar estudos para futuros investimentos e falaram sobre a possibilidade de o governador visitar o Japão neste segundo semestre.

Já no dia 21 de maio, Krakhecke recepcionou o cônsul-geral de Israel em São Paulo, Medad Medina, para discutir o aprofundamento das relações entre o Estado e o país do Oriente Médio. No mesmo dia, em Brasília, Zeca acertou com o embaixador da Espanha no Brasil, José Corderch, detalhes de sua viagem à Europa.

Ainda em maio, no dia 29, o governador esteve reunido com o embaixador da África do Sul, Mbulelo Rakwena, que ficou entusiasmado com as potencialidades de Mato Grosso do Sul e convidou Zeca para visitar seu país neste segundo semestre, para estabelecer agendas de intercâmbio.

No segundo semestre, dia 14 de julho, Zeca recebeu o embaixador da Malásia, Tai Kat Meng, e o terceiro secretário da embaixada malaia no Brasil, Azman Roslee Anuar, que revelou o interesse de seu país em comprar produtos sul-mato-grossenses, como a carne bovina e de aves, e a possibilidade de malaios intermediarem negócios do Estado com países do Oriente Médio, como Irã e Qatar, com os quais têm boas relações, e também com a Tailândia e Birmânia.

Três dias depois, no dia 17, o governador se encontrou com o embaixador japonês no Brasil, Tadashi Ikeda. O diploma disse que o Japão pode ser parceiro de Mato Grosso do Sul em importantes projetos estratégicos de preservação ambiental, como o Trem do Pantanal, e de desenvolvimento sustentável, como a rota bioceânica, além de sinalizar com a possibilidade de importação de álcool que é produzido no Estado.

SIGA-NOS NO Google News