Cassilândia Notícias

Cassilândia Notícias
Cassilândia, Segunda, 8 de Agosto de 2022
Envie sua matéria (67) 99266-0985

Geral

Willian Maksoud não resiste e morre na Santa Casa

Alessandro Perin / Campo Grande News - 22 de abril de 2006 - 10:33

O advogado criminalista Willian Maksoud, que foi baleado durante atentado no último dia 5, em Campo Grande, morreu nesta madrugada.

Desde o crime ele estava internado Santa Casa, mas nesta sexta-feira seu estado de saúde se agravou, depois que sofreu uma parada cardíaca. Na ocasião, a vítima teve que ser reanimada pelos médicos.

Informações preliminares do hospital dão conta que uma medula espinhal de Maksoud rompeu, vindo a causar a morte do advogado criminalista, por volta das 0h27.

Maksoud foi baleado com três disparos de arma de fogo em seu escritório. Um dos tiros atingiu o pulmão da vítima e outro se alojou em uma das vértebras. A polícia anunciou a prisão de suspeitos de envolvimento no crime.

O advogado era conhecido por trabalhar em casos polêmicos, sendo o último deles, o “Caso Motel”, onde os jovens Murilo Alcalde e Eliane Ortizx, ambos com 22 anos, foram encontrados mortos em um motel da Capital.

SIGA-NOS NO Google News