Cassilândia Notícias

Cassilândia Notícias
Cassilândia, Quarta, 25 de Maio de 2022
Envie sua matéria (67) 99266-0985

Geral

Tereré 'ajudou' no aumento de casos de covid-19 em Guia Lopes

"O tereré é a fonte de contaminação neste momento", diz o secretário de saúde Marcelo Gonçalves de Almeida

Campo Grande News - 09 de maio de 2020 - 18:34

Tereré 'ajudou' no aumento de casos de covid-19 em Guia Lopes

Em apenas um dia, subiu de 12 para 21 o número de pessoas infectadas com o novo coronavírus em Guia Lopes da Laguna, cidade a 227 quilômetros da Capital. Conforme a Secretaria de Saúde do município o consumo de tereré tem influenciado no aumento acelerado de casos na cidade.

Todas as 9 pessoas que testaram positivo para a doença, nesta sexta-feira (08), tiveram contato com os cinco funcionários do frigorífico de carne bovina Brasil Global onde começou o contágio, na quarta-feira (07).

“Mas agora não são só os funcionários do frigorífico. Na investigações que nós fizemos aqui a maioria infectados se contaminaram através do tereré. Eles tomaram com alguém que estava com o vírus”, comentou o secretário de saúde Marcelo Gonçalves de Almeida, pelo Facebook.

Almeida fez o apelo para que os moradores evitem consumir a bebida com outras pessoas. “Não utilize o tereré com outras pessoas, pois nesse momento ele com certeza esta sendo a fonte de contaminação. Da para ver que isso vai crescer cada vez mais, infelizmente, fugiu do nosso controle devido a quantidade de casos que estão surgindo”, lamentou.

Ainda conforme o secretario apenas uma pessoa que teve contato com os infectados e que estava internada no Hospital Regional do município, não foi diagnosticada com a doença.

Com estes novos casos confirmados em Guia Lopes, chegou a 336 o número de pessoas infectadas com a doença em 29 cidades de Mato Grosso do Sul. Guia Lopes da Laguna é a única cidade a adotar o lockdown (bloqueio total de circulação nas ruas).

Por lá, os moradores só podem sair de casa duas vezes por semana e exclusivamente para atender necessidades básicas, como ir ao mercado e à farmácia.

SIGA-NOS NO Google News