Cassilândia Notícias

Cassilândia Notícias
Cassilândia, Quarta, 19 de Janeiro de 2022
Envie sua matéria (67) 99266-0985

Geral

Taxa de positividade para Covid subiu para 33% em MS

Laboratório Central de Saúde Pública de MS da SES faz levantamento de teste positivos nos primeiros 14 dias do ano

Midiamax - 15 de janeiro de 2022 - 05:40

None
Reprodução/Governo do Estado

O Lacen (Laboratório Central de Saúde Pública de Mato Grosso do Sul) da SES (Secretaria de Estado de Saúde) realizou a análise de 9.239 exames RT-PCR no estado e aponta que 2.152 destes positivaram para Covid-19, concluindo que a taxa de positividade estava em 23,29%. Entretanto, nesta sexta-feira (14), a partir dos resultados já liberados, mais 426 pessoas tiveram testes positivos, subindo a taxa para 33% nos primeiros 14 dias de 2022.

A título de comparação, o Lacen registrou 6.367 exames, sendo 609 positivos no mês de dezembro de 2021. O aumento de testes positivos aumentou consideravelmente, de acordo com a SES. No dia 5 de janeiro, o índice de confirmação estava em 13,87%. Após 3 dias, a porcentagem subiu para 20%.

A preocupação também se estende em relação a Influenza, que também teve aumento no número de testes RT-PCR registrado. Entre 28 de novembro e 04 de dezembro de 2021, foram feitos 171 exames RT-PCR, sendo somente um positivo para Influenza A. Já no período entre os dias 05 de dezembro e 11 de dezembro, foram realizados 159 exames, sendo três positivos. Além disso, entre 12 de dezembro e 18 de dezembro, foram 215 exames, com 24 positivos. Mais adiante, o período entre 19 de dezembro e 25 de dezembro, foram 265 exames, com 77 positivos.

No ano de 2022, o cenário ainda se agrava, pois entre 26 de dezembro e 01 de janeiro, foram feitos 339 exames, com 166 positivos. Em seguida, dentro do período entre 02 e 08 de janeiro, foram realizados 575 exames RT-PCR de influenza, 258 deles positivaram. Por fim, entre 09 e 14 de janeiro, foram realizados 522 exames, sendo 213 resultados positivos.

Recomendações

Devido a gravidade da situação, a SES orienta o reforço das medidas de prevenção como a imunização, uso de máscaras, higienização das mãos e o distanciamento social.

SIGA-NOS NO Google News