Cassilândia Notícias

Cassilândia Notícias
Cassilândia, Segunda, 6 de Dezembro de 2021
Envie sua matéria (67) 99266-0985

Geral

Tabela do INSS não trará grandes mudanças , diz Franz

Érica Santana/ABr - 25 de abril de 2006 - 06:11

O presidente da Associação Brasileira dos Contribuintes (Abrapi), Rubens Ricardo Franz, as mudanças "não trarão grandes reflexos para os contribuintes". Ele classificou a medida como "paliativa" e disse que questões como contribuição previdenciária deveriam ser tratadas de forma "menos superficial" pelo governo federal.

A portaria assinada na semana passada pelo ministro da Previdência, Nelson Machado, determina novos valores de contribuição a previdência. A mudança é feita com base no reajuste de 5% dado este ano aos aposentados que recebem mais que um salário mínimo por mês. As novas regras de contribuição ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) passam a valer a partir de maio, mas são correspondentes ao salário de abril.

As alíquotas de recolhimento ao INSS continuam as mesmas, as mudanças atingem apenas as faixas de renda. Pela tabela antiga, quem ganhava até R$ 800,45 deveria recolher 7,65%. Com o reajuste de 5%, quem agora recebe um pouco mais, R$ 840,47 deixa de pagar 8,65% e passa a contribuir com 1% menos. Com isso o contribuinte deixa de pagar R$ 72,66 para recolher R$ 64,26.

SIGA-NOS NO Google News