Cassilândia Notícias

Cassilândia Notícias
Cassilândia, Quinta, 11 de Agosto de 2022
Envie sua matéria (67) 99266-0985

Geral

STF pede notificação de Lula para depor sobre entrevista

Adriana Franzin/ABr - 17 de junho de 2006 - 07:59

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes determinou na última quarta-feira (14) a notificação do presidente Luiz Inácio Lula da Silva para prestar depoimento sobre declarações feitas em uma entrevista concedida a jornalistas brasileiros em Viena, na Áustria, em 13 de maio.

De acordo com a assessoria do STF, o depoimento do presidente não é obrigatório. Se quiser explicar-se ao supremo, Lula deverá manifestar-se no prazo de 48 horas a partir do recebimento da notificação. A Advocacia Geral da União (AGU), órgão que representa a União judicialmente, informou hoje (16) que ainda não recebeu nenhuma notificação oficial do STF.

A notificação de Lula está relacionada com a ação promovida pelo jornalista Diogo Mainardi, articulista da revista Veja. Nela, Mainardi ressalta a seguinte declaração do presidente: "Não sei se o jornalista que escreve uma matéria daquelas tem a dignidade de dizer que é jornalista. Poderia dizer que é bandido, mau caráter, malfeitor, mentiroso".

A matéria citada pelo presidente teria sido publicada pela Veja e assinada pelo jornalista Marcio Aith. O texto diz que um espião da Kroll, maior empresa de espionagem do mundo, encontrou evidências de que Lula e outras autoridades do governo teriam contas em um paraíso fiscal.

Mainardi escreveu um adendo a essa matéria em sua coluna. Por isso, pediu ao STF que o presidente explique a quem se referia quando fez as declarações. O jornalista considerou que as palavras de Lula têm caráter ofensivo e poderiam caracterizar crime contra a honra em função do caráter dúbio do pronunciamento.

SIGA-NOS NO Google News