Cassilândia Notícias

Cassilândia Notícias
Cassilândia, Quarta, 1 de Dezembro de 2021
Envie sua matéria (67) 99266-0985

Geral

Senado aprova Vieira de Mello para o Nobel da Paz

Agência Senado - 11 de setembro de 2003 - 10:59

O Senado aprovou a proposta apresentada pelo senador Pedro Simon (PMDB-RS) de indicar o nome do embaixador Sérgio Vieira de Mello, morto no mês passado em atentado terrorista contra a sede da representação das Organização das Nações Unidas (ONU) no Iraque, como candidato ao Prêmio Nobel da Paz de 2003. O requerimento de Simon foi aprovado por unanimidade.

- Sérgio Vieira de Mello morreu a serviço da paz, morreu como um cidadão do mundo buscando a paz entre os países. Acho difícil encontrar na história da humanidade um fato e um momento semelhante a esse: uma pessoa que tenha vivido e tombado a serviço da causa da liberdade e da paz - afirmou Simon.

Relator da matéria na Comissão de Relações Exteriores (CRE), onde o requerimento foi aprovado também por unanimidade, o senador Eduardo Suplicy (PT-SP) disse que as pessoas que atacaram a sede da ONU no Iraque cometeram um erro gravíssimo. Sobretudo quando alegaram que o brasileiro seria um representante dos Estados Unidos em Bagdá. O senador lembrou que, poucos dias antes de morrer, Vieira de Mello disse à imprensa que, como os iraquianos, também não gostaria de ver tanque estrangeiros em Copacabana.

O senador Tião Viana (PT-AC) também defendeu a aprovação do requerimento e pediu à Mesa que a ata da sessão do Senado desta quarta-feira (10) fosse encaminhada ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva para que o governo também possa recomendar a indicação do brasileiro como candidato ao Prêmio Nobel da Paz. Por sua vez, o senador Eduardo Azeredo (PSDB-MG) argumentou que a premiação de Vieira de Mello seria um reconhecimento importante do trabalho que ele desenvolveu em favor da paz mundial. Na mesma linha, o senador Hélio Costa (PMDB-MG) disse que a candidatura representará não só a ONU, mas também o Brasil na disputa pelo Nobel da Paz.

SIGA-NOS NO Google News