Cassilândia Notícias

Cassilândia Notícias
Cassilândia, Domingo, 26 de Setembro de 2021
Envie sua matéria (67) 99266-0985

Geral

Rosseto: governo federal vai acelerar reforma agrária

Graciliano Rocha/APn - 02 de agosto de 2003 - 09:49

O ministro do Desenvolvimento Agrário, Miguel Rossetto, disse, durante visita ao assentamento Itamarati, ontem à tarde, que o governo federal vai acelerar a partir deste segundo semestre a reforma agrária no país.
Em entrevista coletiva concedida a jornalistas da imprensa estadual e nacional, o ministro afirmou que o governo trabalha em duas frentes para aumentar o número de famílias assentadas: a disponibilização de terras públicas para implantar novos assentamentos e a ampliação dos recursos disponíveis para a aquisição de novas áreas.
“Terras pertencentes a órgãos da administração direta, como as empresas estatais, serão utilizadas dentro do programa de reforma agrária”, assegurou.
Na outra vertente, o ministro informou que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva já determinou que sejam feitos esforços para a ampliação os recursos disponíveis para a compra de terras para reforma agrária. O orçamento elaborado pelo governo anterior destinou R$ 162 milhões para novos assentamentos este ano – valor, de acordo com Rossetto, insuficiente para o cumprimento da meta de assentamentos estabelecida pelo governo para este ano, que é de 60 mil famílias assentadas.
“É um desafio enorme, mas o governo trabalha para atingir esta meta, pois reforma agrária é um instrumento para a produção de alimentos e geração de trabalho emprego e renda – que são as prioridades do presidente Lula”.
Rossetto voltou a assegurar que o governo federal irá acelerar a reforma agrária dentro “de um ambiente de absoluto respeito pela legalidade” e ressaltou que um amplo programa de reforma agrária é o único instrumento eficaz para dirimir as tensões sociais e assegurar a paz no campo.

SIGA-NOS NO Google News