Cassilândia Notícias

Cassilândia Notícias
Cassilândia, Sábado, 27 de Novembro de 2021
Envie sua matéria (67) 99266-0985

Geral

Reforma: adiada mais uma vez a indicação do relator

Agência Senado - 01 de outubro de 2003 - 09:06

O presidente da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ), senador Edison Lobão (PFL-MA), adiou mais uma vez a indicação do nome do relator da reforma tributária, a pedido dos líderes partidários. O anúncio deverá ser feito às 14h de quinta-feira (2) e, até lá, líderes governistas e oposicionistas negociarão os primeiros pontos das mudanças que os senadores querem fazer na proposta aprovada pelos deputados. A primeira reunião da CCJ para discutir a reforma tributária será feita logo após a indicação do relator.

Depois de reunião no início da noite entre lideranças partidárias, o líder do PMDB no Senado, Renan Calheiros (AL), reafirmou que, “se a relatoria couber ao PMDB, o relator será o senador Romero Jucá”. A reforma tributária já está tramitando na CCJ e o prazo de emendas terminará nesta semana.

O líder do bloco da minoria, senador Efraim Morais (PFL-PB), afirmou depois da reunião que os partidos de oposição estão apresentando aos governistas suas reivindicações sobre a reforma tributária, ao mesmo tempo em que, durante toda esta terça-feira (30), o presidente Luiz Inácio Lula se reunia com os governadores para tratar deste assunto, na Granja do Torto, em Brasília.

- Antes de começar a discussão da reforma tributária, estamos negociando compromissos e métodos de tramitação com os líderes governistas - disse Efraim Morais.

Já o líder do PSDB, Arthur Virgílio (AM), ponderou que, “se o governo não negociar, irá colher com esse monstrengo de reforma tributária aumentos no risco Brasil e na desconfiança dos investidores”.


SIGA-NOS NO Google News