Cassilândia Notícias

Cassilândia Notícias
Cassilândia, Quinta, 23 de Setembro de 2021
Envie sua matéria (67) 99266-0985

Geral

Queda acentuada do PIB surpreende setor exportador

Alna Gandra, ABr - 10 de março de 2009 - 15:59

Rio de Janeiro - Os exportadores brasileiros esperavam que houvesse queda do Produto Interno Bruto (PIB) no último trimestre do ano passado, mas o percentual de retração (- 3,6%), registrado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), surpreendeu. “Todos nós imaginávamos que ele ia cair, mas não tanto. A queda foi mais forte, infelizmente”, disse hoje (10) o vice-presidente da Associação de Comércio Exterior do Brasil (AEB), José Augusto de Castro.

O efeito sobre as exportações é pequeno, “porque elas têm vida própria”. O problema das exportações brasileiras é o mercado internacional, explicou Castro. No atual momento, o Brasil tem um preço competitivo e não enfrenta problemas de financiamento no mercado interno, embora o custo desse crédito seja mais caro.

“O maior problema hoje é exatamente a demanda externa, que está muito retraída e tem, infelizmente, perspectivas de piorar ainda mais”, assinalou ele.


Houve queda na demanda dos países desenvolvidos, mas, por enquanto, a demanda dos países em desenvolvimento ainda está sendo mantida. “Só que ela deve começar a piorar também nos países emergentes. Então, o nosso problema hoje é demanda externa, porque existe preço competitivo, uma vez que a taxa de câmbio é favorável, mas não há mercado”.

Em relação ao PIB, o vice-presidente da AEB estimou para 2009 um patamar de crescimento próximo de zero, “podendo ser meio ponto percentual a mais ou meio a menos. A base é 0%”, assinalou.



SIGA-NOS NO Google News