Cassilândia Notícias

Cassilândia Notícias
Cassilândia, Terça, 23 de Julho de 2024
Envie sua matéria (67) 99266-0985

Geral

Primeira frente fria do inverno aponta para mínima de 13ºC em Mato Grosso do Sul

Municípios das regiões sul e sudoeste devem registrar queda de temperatura nos próximos dias

Campo Grande News - 18 de junho de 2024 - 09:33

Primeira frente fria do inverno aponta para mínima de 13ºC em Mato Grosso do Sul

As regiões sul e sudoeste de Mato Grosso do Sul devem enfrentar nova frente fria no início da próxima semana com temperatura mínima de 13ºC, segundo a meteorologia. Esta é a primeira queda nos termômetros prevista para o inverno, que começa na quinta-feira.

A mudança de temperatura pode ocorrer entre segunda e terça-feira, com mínimas de 13ºC em Ponta Porã e Porto Murtinho, 15ºC em Sete Quedas, Paranhos e Aral Moreira, e 16ºC em Iguatemi, Mundo Novo e Itaquiraí.

Campo Grande amanheceu nesta terça-feira com poucas nuvens e registra 22ºC de temperatura. A máxima não deve passar dos 29ºC, mas sobe gradativamente nos dias seguintes, com máximas de 30ºC na quarta e 31ºC na quinta-feira.

O dia promete ser novamente de calor e tempo seco, com baixa umidade relativa do ar, variando de 30% a 20%, índice considerado alarmante e para a saúde da população. A OMS (Organização Mundial da Saúde) indica que o ideal é 60%. Para minimizar os efeitos do tempo, a orientação é sempre hidratar-se e evitar desgaste físico nos momentos mais quentes do dia.

Na região sul do Estado as máximas não passam hoje dos 29ºC em Ponta Porã e 31ºC em Dourados. O calor predomina na região pantaneira, com máximas de 35ºC em Corumbá, 34ºC em Porto Murtinho, 33ºC em Coxim e 32ºC em Aquidauana.

Outras máximas para esta terça-feira são de 31ºC em Água Clara, Bataguassu, Ivinhema, Naviraí, Nova Alvorada do Sul, Nova Andradina, Bonito e Maracaju, 30ºC em Três Lagoas e Paranaíba, e 28ºC em Chapadão do Sul.

Primeira frente fria do inverno aponta para mínima de 13ºC em Mato Grosso do Sul
Área em amarelo indica alerta de baixa umidade do ar na maior parte de MS (Arte: Inmet)

SIGA-NOS NO Google News