Cassilândia Notícias

Cassilândia Notícias
Cassilândia, Sexta, 19 de Agosto de 2022
Envie sua matéria (67) 99266-0985

Geral

Portugal vence México e assegura liderança do grupo D

Campo Grande News - 21 de junho de 2006 - 13:55

A Seleção de Portugal derrotou o México por 2 a 1 nesta quarta-feira e assegurou o primeiro lugar do Grupo D na Copa 2006, além de ajudar o técnico Luiz Felipe Scolari a ampliar um recorde, subindo para dez vitórias consecutivas em jogos válidos pelo Mundial de futebol.

O bom resultado foi conseguido mesmo sem cinco titulares, poupados pelo treinador para que não tomassem o segundo cartão amarelo e ficassem fora das oitavas-de-final. Conforme reportagem do Terra, o time português mostrou maturidade ao criar uma alternância entre boas subidas ao ataque e a garantia da posse de bola, apesar dos sustos dados pelos mexicanos.

Portugal abriu o placar aos 6 minutos do primeiro tempo. No primeiro ataque da equipe, os jogadores avançaram em velocidade pela esquerda, a bola foi cruzada na área e Maniche marcou um belo gol.
Com as jogadas de maior criatividade partindo do meia Luis Figo, responsável também pela tranqüilidade na frente, os portugueses começaram a anular o México, que até a metade do primeiro tempo pouco pôde fazer. O retrato disso veio aos 23 minutos, quando Rafa Márquez colocou a mão na bola.

O árbitro marcou pênalti, embora o atleta do Barcelona argumentasse contra a clara imagem do momento em que levantou o braço para desviar a bola de forma ilícita. E mesmo com os movimentos inusitados do goleiro Sanchez em cima da linha do gol, Simão Sabrosa chutou bem e fez o segundo.
Precisando evitar o fantasma de uma possível eliminação, em função do resultado entre Angola e Irã, o México passou a jogar mais futebol e a equilibrar as ações. Com isso, aos 30 minutos, após uma cobrança de escanteio, Fonseca subiu sem marcação e cabeceou para balançar as redes.

Portugal aguarda agora o confronto entre Argentina e Holanda, ainda nesta quarta-feira, às 15h (de MS), para saber quem será seu adversário nas oitavas. O rival do México também sai desse confronto, em Frankfurt.
Angola, por sua vez, perdeu a remota chance de uma classificação ao empatar diante dos iranianos, por 1 a 1, em Leipzig.

SIGA-NOS NO Google News