Cassilândia Notícias

Cassilândia Notícias
Cassilândia, Sábado, 13 de Agosto de 2022
Envie sua matéria (67) 99266-0985

Geral

Paniago fala sobre a venda de remédio fracionado

Agência do Rádio - 15 de junho de 2006 - 07:57

Há algum tempo, comprar remédios na quantidade exata que o médico indicava não era possível. Como conseqüência, despensas das casas cheias de sobras. Por causa do armazenamento, ingerir comprimidos com a data de validade vencida era um risco que a população corria. Farmácias e drogarias do Mato Grosso do Sul já podem vender medicamentos fracionados. A medida representa economia para o bolso e facilita o acesso a tratamentos. O presidente do Conselho Regional de Farmácia do Mato Grosso do Sul, Antônio José Paniago, pontua os benefícios para a população.

"O usuário vai levar o medicamento na quantidade adequada para o seu tratamento. Além disso, ele vai poder fazer a adesão completa ao tratatamento. Muitas vezes ele vai ao médico que prescreve de três a quatro tipos de medicamentos. A grande maioria da população brasileira não consegue aderir a esse tratamento todo porque ele tem que levar o medicamento já industrializado em número maior. Com o fracionamento ele vai poder aderir a esse tratamento completo. Então vai haver uma economia para o usuário. Nós estaremos evitando que o usuário faça aquela farmacinha dentro de casa, que é composta de medicamentos que sobraram de tratamentos antigos."

Os estabelecimentos que possuem remédios fracionados devem ter farmacêuticos supervisionando a venda. Os produtos vêm em embalagens especiais da fábrica, que permitem o fracionamento. Eles também possuem bula, data de validade, lote e concentração do medicamento.

De Brasília, Silaine Bohry

SIGA-NOS NO Google News