Cassilândia Notícias

Cassilândia Notícias
Cassilândia, Quarta, 10 de Agosto de 2022
Envie sua matéria (67) 99266-0985

Geral

O jogo entre Corinthians e Vasco teve cinco expulsões

Humberto Marques/Campo Grande News - 21 de maio de 2006 - 18:46

Em um jogo de cinco expulsões, o Corinthians conseguiu uma virada surpreendente sobre o Vasco da Gama, na tarde de hoje, em São Januário (Rio de Janeiro), em jogo válido pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro. A partida marcou a estréia de Geninho à frente do comando técnico do Alvinegro paulista, coincidentemente contra o clube contra o qual o treinador se despediu do Goiás – também com vitória.

O placar, de 4x2, foi desenhado no segundo tempo, após uma etapa inicial com duas expulsões: Xavier, que tomou o segundo cartão amarelo em menos de um minuto e desfalcou o Corinthians, e Jorge Luís, expulso após fazer falta sobre Roger e deixando o elenco cruzmaltino.

A mística de que o Corinthians se mostra melhor em campo com um homem a menos não se fez presente, e no retorno para a etapa final, o Vasco abriu dois gols de vantagem: no primeiro minuto do segundo tempo, Ramón aproveitou falha do zagueiro Sebá e tirou o primeiro zero do marcador. Cinco minutos depois, Valdiran superou o beque corintiano e marcou seu primeiro gol nesse Brasileirão.

Aos 17 minutos, o Corinthians reage através de Rafael Moura, que aproveitou bom cruzamento de Carlos Alberto e diminuiu. Três minutos depois, os dois fazem um “repeteco” da jogada e igualam o marcador. Rafael Moura sequer teve tempo para comemorar o empate do qual participou. Aos 23 minutos, ele se envolve em uma confusão com o jogador vascaíno Fábio Braz, que leva os dois a serem expulsos.

O jogo seguiu movimentado a partir daí, com ambas as equipes alternando momentos no ataque. E, aos 40 minutos, Nilmar recebe passe e faz excelente jogada, se livrando de um defensor e passando pelo goleiro Cássio, que o derruba na grande área. O guarda-metas do Vasco recebe cartão amarelo pela falta. Na cobrança do pênalti, Carlos Alberto bate mal e Cássio defende. O bandeirinha assinala invasão dos jogadores vascaínos e avanço do goleiro, e o juiz pede para que a cobrança seja repetida. De novo, o meia corintiano corre para a bola, bate no mesmo canto esquerdo e marca a virada.

Por pouco, o Vasco não empata a partida. A bola chegou a entrar, mas o árbitro marcou toque de mão de Edílson, anulando o gol cruzmaltino – marcado aos 46 minutos. Aos 49 minutos, Nilmar novamente supera a defesa vascaína e fica cara-a-cara com Cássio, que novamente o derruba. Desta vez, o goleiro do Vasco é expulso, e como o time da casa já havia feito as três substituições possíveis, coube ao lateral esquerdo Diego ir para as metas. Na cobrança, Marcelo Matos converte. Imediatamente após o gol, o jogo é encerrado, e o Vasco amarga um resultado negativo às vésperas de decidir o título da Copa do Brasil.

SIGA-NOS NO Google News