Cassilândia Notícias

Cassilândia Notícias
Cassilândia, Quarta, 25 de Maio de 2022
Envie sua matéria (67) 99266-0985

Geral

Notícia da Confederação destaca cassilandense

CBDA - 06 de outubro de 2003 - 15:57

Notícia do site da Confederação Brasileira destaca o cassilandense Cândido Junior. Verifique o quarto parágrafo da notícia.

Mococa/SP - A terceira etapa do Troféu Chico Piscina de Natação, na manhã deste sábado (4/10), confirmou o bom momento de nadadores que vêm se destacando nos últimos tempos. Caso do velocista César Augusto Cielo Filho, da seleção paulista, vencedor dos 100m livre juvenil, com recorde de campeonato - 51s99. E ainda da brihante Manuella Lyrio, que mesmo sendo melhor em provas mais longas, ganhou os 100m livre infantil, também com recorde da competição - 59s43. Sem falar no carioca Thiago Parravicini, recorde do torneio nacional nos 100m peito juvenil (1m05s84), confirmando o troféu de melhor índice técnico de 2002 nesta mesma prova, só que ainda no infantil.

São Paulo manteve a liderança nas duas versões do Troféu Chico Piscina. Na competição internacional, os paulistas totalizam 249,5, seguido por Rio de Janeiro e África do Sul, com 145 e 139,5, respectivamente. No torneio nacional, São Paulo é o líder com 282,5. O segundo colocado é o Rio de Janeiro, com 197, e o terceiro é Minas Gerais, com 76.


César Augusto é mais um descendente da linhagem consagrada de velocistas da natação brasileira. Nomes mais do que conhecidos como Gustavo Borges, Fernando Scherer, Edvaldo Valério e Carlos Jayme, entre outros. Ja havia vencido os 50m livre na primeira etapa e confirmou a boa forma nos 100m do mesmo estilo.


- Vim para baixar meus tempos, mas sinceramente não esperava bater o recorde do Troféu. O incentivo dos companheiros na arquibancada foi um combustível a mais - disse Cielo, que ao ser comparado ao astro de sua equipe, Lucas Salatta, foi modesto e se mostrou um fã do companheiro, dizendo que \"ainda não cheguei ao nível dele, não\".


E não só os vencedores de provas se destacam, neste celeiro de talentos que é o Troféu Chico Piscina, válido como Campeonato Brasileiro Interfederativo Infanto-Juvenil. Um medalhista de prata merece o registro. O sul-matogrossense Cândido Silva Jr. é fundista, mas conseguiu ter uma boa recuperação após a virada dos 50 metros e conquistou o segundo lugar nos 100m livre infantil, prova vencida pelo paulista Marcelo Monteiro.


Nesta terceira etapa aconteceu a primeira prova em que não houve brasileiros no pódio na versão internacional do Chico Piscina, os 100m peito infantil masculino. A prova foi vencida pelo sul-africano Davynn Peffer, seguido por seu compatriota Wesley King e pelo argentino Francisco Rios. Aliás nas quatro provas de peito, a África do Sul dominou em três. A vingança brasileira veio na última prova, com o já citado carioca Thiago Parravicini.

SIGA-NOS NO Google News