Cassilândia Notícias

Cassilândia Notícias
Cassilândia, Quarta, 26 de Janeiro de 2022
Envie sua matéria (67) 99266-0985

Geral

No Pacaembu, Santos tenta voltar ao G4 contra o Botafogo

Klaus Richmond, FPF - 22 de fevereiro de 2009 - 07:40

Com duas vitórias consecutivas – contra o São Caetano, pelo Campeonato Paulista, e o Rio Branco (AC), na Copa do Brasil –, o Santos busca ratificar sua nova fase, sob o comando do técnico Vagner Mancini. Para isso, enfrenta o Botafogo neste domingo, às 17h(Brasília), no Pacaembu.



Contra o clube de Ribeirão Preto, a equipe santista deve sofrer modificações. Recuperado, o lateral-direito Luizinho deve ser o titular da posição. Pará, que atuou nas últimas partidas, terá que cumprir suspensão. Além dele, o zagueiro Fabiano Eller e o goleiro Fábio Costa, que foram afastados por um desentendimento, também podem voltar.



Após viajar para o Acre, o zagueiro Domingos, que cumpriu suspensão contra o Guarani, também é outro que pode retornar à equipe. Lúcio Flávio faz reforço muscular e sua situação ainda não está definida. Todavia, a equipe da Baixada Santista tem uma baixa: o atacante Roni, suspenso pelo 3° cartão amarelo.



A pedido da Polícia Militar, que prevê a chegada de muitos turistas ao litoral, sobrecarregando o trabalho do patrulhamento, o Santos alterou seu mando de jogo: saiu da Vila Belmiro para o Pacaembu. Jogar em São Paulo não é problema para os santistas, ao contrário. De acordo com o gerente de futebol Ocimar Bolicenho, é uma forma de "homenagear a torcida da capital e atender a um pedido da polícia de Santos”.



Outra novidade será a utilização do terceiro uniforme, na cor azul. Tranquilo, Bolicenho negou que haja qualquer problema. “Apesar da ‘polêmica’, não houve reunião específica para atuar com o terceiro uniforme”, contou. Sem dar pistas, o dirigente garantiu que todos estarão à disposição. “Nove jogadores permaneceram. Agora, com todos do nosso grupo, teremos uma avaliação mais completa”.



Na 18ª colocação neste estadual, o Botafogo buscar, enfim, sair da incômoda zona do rebaixamento. Com apenas uma vitória – contra o Guarani, no estádio Santa Cruz, pela 5ª rodada, o clube de Ribeirão Preto aposta na estreia do atacante André Neles, que veio por empréstimo do Barueri, para conseguir surpreender.



Para enfrentar o Santos, o técnico Roberto Fonseca deve promover alterações na equipe. Sem agradar, o atacante Branquinho deve ceder lugar para o estreante André. No meio-de-campo, Walter Minhoca será substituído por Paulo Santos. De certo, as voltas do lateral-direito Marco Aurélio, do zagueiro Everton e do atacante Thiago Silvy, que cumpriram suspensão.



Experiente, o volante Jonílson aposta no trabalho desenvolvido durante a semana. Para o ex-jogador do Vasco, a equipe tem potencial para se acertar. “Essa semana foi muito boa, pois conseguimos trabalhar bastante. Por enquanto, o Roberto [Fonseca] tenta implantar seu regime de trabalho”, falou.



Apesar da cautela, o Botafogo acredita em uma partida sem favoritismo. “Não temos que temer ninguém, nossa situação é chegar lá e fazer uma grande partida. Temos grandes jogadores e, apesar do momento, podemos fazer nosso melhor. Perdemos um companheiro (Frontini, que rescindiu seu contrato), mas temos que seguir”, finalizou.



Ficha técnica



Santos: Fábio Costa; Luizinho (Adriano), Fabão (Paulo Henrique), Fabiano Eller e Léo; Roberto Brum, Rodrigo Souto, Madson, Róbson e Bolaños; Kléber Pereira.

Técnico: Vagner Mancini.



Botafogo: Paulo Musse; Fernando Júlio César e Everton; Marco Aurélio, Augusto Recife, Jonílson, Paulo Santos e Calisto; Thiago Silvy e André Neles.

Técnico: Roberto Fonseca.



Arbitragem: Antonio Rogério Batista do Prado, Marco Antonio de Andrade Motta Júnior e Maurício Machado Ferronato.

Local: Estádio Paulo Machado de Carvalho (Pacaembu), em São Paulo.

Data e horário: 22 de fevereiro, às 17h.(Brasília)

SIGA-NOS NO Google News