Cassilândia Notícias

Cassilândia Notícias
Cassilândia, Terça, 23 de Abril de 2024
Envie sua matéria (67) 99266-0985

Geral

Mulher – ainda o segundo sexo

Luciane Buriasco Isquerdo (*) - 08 de março de 2016 - 16:26

Mulher – ainda o segundo sexo

Em 1949, Simone de Beauvoir publicou um livro com o título O Segundo Sexo. Trata-se de importante obra feminista, que tomo aqui o sugestivo nome. Como denunciado na literatura feminista, muitas diferenças entre os sexos tidas por biológicas eram na verdade culturais. Por isso as características biológicas seguem sendo as mesmas, mas hoje a mulher pode estudar, trabalhar, votar, ser votada, assinar contratos, ocupar cargos importantes, tudo sem qualquer restrição por parte da lei, na maioria dos países ocidentais ao menos.

De fato, contudo, persistem algumas diferenças indesejadas. A mulher é mais vítima de violência doméstica, estupro, assédio sexual no local de trabalho, ganha menos que os homens e raramente ocupa cargos de direção, ou no Conselho de Administração de grandes empresas, com participação menor tanto no Poder Legislativo, Executivo, como no Judiciário. Ainda há uma mentalidade de que ela sirva de deleite do homem, de forma que muitas vezes é avaliada como bonita ou feia em reuniões de trabalho, onde as preocupações deveriam ser outras. E por falar em deleite, muitas sequer se dão o direito de prazer sexual.

No lar, muitas já ganham mais que os homens, ou ao menos têm uma participação significativa no orçamento doméstico, nem por isso isentas de serem exploradas com uma divisão não igualitária no pagamento das contas, ou sem autonomia para decidir como investir suas sobras de dinheiro. Os afazeres domésticos e cuidado com os filhos lhe pesam mais que aos homens, mesmo com a mesma carga de trabalho.

Hoje, Dia Internacional da Mulher, é sem dúvida dia de comemorarmos as conquistas e nos parabenizarmos, sem nos esquecer do necessário balanço da situação da mulher no mundo, através do qual constataremos, lamentavelmente, que ainda somos o segundo sexo.

(*) Luciane Buriasco Isquerdo, Juíza da 2.ª Vara e Juizados Especiais de Cassilândia

SIGA-NOS NO Google News