Cassilândia Notícias

Cassilândia Notícias
Cassilândia, Quinta, 20 de Junho de 2024
Envie sua matéria (67) 99266-0985

Geral

MS ocupa 13ª posição no ranking de casos de Aids no País

rmtonline - 28 de junho de 2006 - 10:17

Dados divulgados pelo Programa Estadual de DST/Aids, da Secretaria de Estado de Saúde, revelam que Mato Grosso do Sul está em 13º lugar em casos acumulados de Aids no País, com 3.869 registros. Campo Grande lidera a lista no Estado, com 2.369 casos acumulados (61,23%), no período de 1984 a 2005. Seguida por Dourados, 352 (6,6%), Três Lagoas, com 210 (5,6%) e Corumbá, com 177 casos (5%).

A pesquisa revela também o perfil epidemiológico dos soropositivos. A maioria é do sexo masculino, representando 66,66% dos casos, contra 33,4% do sexo feminino. A faixa etária mais acometida é dos 20 aos 34 anos, seguido pela faixa etária dos 35 aos 49 anos, com escolaridade de um a três anos de estudo e com menor nível socioeconômico. Os casos têm aumentado entre pessoas acima dos 50 anos, com 295 casos, representando 7,62% dos registros, e tem crescido também entre heterossexuais e em relacionamentos estáveis.

Entre adolescentes, na faixa etária dos 13 aos 19 anos, foram registrados 103 casos no Estado, representando 2,66% do total. Destes, 51,48% são do sexo masculino, com um a sete anos de estudo. Já 48,19% são do sexo masculino também com um a sete anos de estudo. Já em relação ao perfil de exposição, através de via sexual os heterossexuais lideram com 52,35%, contra 18,36% dos homossexuais e bissexuais. Por via sanguínea, os usuários de drogas injetáveis lideram com 5,87% contra 0,21% dos hemofílicos e através de transfusão de sangue. Outras vias de transmissão representam 3,66% dos casos registrados. Sobre os números de óbitos, o Estado registrou 43 mortes em crianças com até 13 anos de idade e 1.508 mortes entre adultos.

A explicação para esses números é a resistência em usar preservativos. Isso acontece, segundo os médicos, porque a geração de hoje é uma geração que não cresceu com o "fantasma" da Aids, por isso o cuidado é bem menor nas relações sexuais.



Fonte: Redação TV Morena

SIGA-NOS NO Google News