Cassilândia Notícias

Cassilândia Notícias
Cassilândia, Terça, 26 de Outubro de 2021
Envie sua matéria (67) 99266-0985

Geral

MS não mudará proibição da pesca, diz Portocarrero

Maristela Brunetto / Campo Grande.News - 09 de outubro de 2003 - 09:33

O secretário estadual de Meio Ambiente, Márcio Portocarrero, afirmou que o Mato Grosso do Sul não deve mudar o período de proibição da pesca – de 3 de novembro a 31 de janeiro- para atender solicitação do governo de Mato Grosso e do Ibama (Instituto Nacional de Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis), que querem estender o chamado defeso por mais um mês, até o final de fevereiro. O argumento, apresentado
por ele nesta manhã em entrevista ao Bom Dia MS, da TV Morena, é que o período foi definido com base em estudos de técnicos da Sema e do Ibama.
Conforme Portocarrero, o pedido de extensão da proibição foi apresentado anteontem, durante reunião em Brasília, e será avaliado em reunião no Conselho Estadual de Pesca no dia 14. A resposta ao governo de MT e Ibama será dada no dia 16. Na data, ele pedirá ao Ibama que respeite a data definida em MS para os rios Paraguai e Apa, de domínio federal, para facilitar a fiscalização.
Portocarrero diz que a mudança no prazo irá frustrar empresários do turismo e a comunidade estadual. Este ano, aliás, o governo antecipou a divulgação para que os empresários pudessem se programar na oferta de pacotes turísticos.
O secretário defende que a unificação das portarias sobre o defeso passe a valer a partir do ano que vem, desde que discutidas antecipadamente, advertiu.
A cota de pescado em Mato Grosso do Sul é de 10 quilos e um exemplar. Em 2005 passará a ser apenas um exemplar.


SIGA-NOS NO Google News