Cassilândia Notícias

Cassilândia Notícias
Cassilândia, Quinta, 21 de Outubro de 2021
Envie sua matéria (67) 99266-0985

Geral

Mortes e internações devem despencar em MS com 70% já vacinados, diz especialista

O estado entra no quarto dia consecutivo com taxa de internações abaixo dos 25%

Midiamax - 20 de setembro de 2021 - 15:37

Com a vacinação avançando ainda mais em Mato Grosso do Sul, o estado atingiu 70% da população adulta vacinada no último fim de semana e, com a marca, os números de internações e mortes devem despencar, avalia especialista.

O infectologista da Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz), Julio Croda, explica que Mato Grosso do Sul ainda precisa avançar na imunização, devendo atingir 80% da população geral vacinada. No entanto, o percentual de adultos vacinados já pode mudar o cenário ainda mais em MS.

“Quando a gente compara, imunidade de rebanho é considerada a população geral. O que pode mudar [com 70% a 80% de imunidade dos adultos] é que a taxa de internação e óbitos poderão diminuir ainda mais porque são os adultos que ficam em sua maioria internados com a doença”, disse Croda.

Quando comparado com a população geral vacinada em MS, são 52% de totalmente imunizados. O infectologista disse que ainda há um caminho a se percorrer até atingir a imunidade de rebanho.

“Comparado aos outros países, Mato Grosso do Sul ainda tem menos de 55% de imunidade coletiva, que é população geral vacinada. Ainda precisamos avançar mais”, pontuou.

‘Sinal verde’ em internações
Mato Grosso do Sul entrou no quarto dia consecutivo registrando menos de 25% da ocupação de leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) Covid. Nesta segunda-feira (20) foi registrado 22,9% de ocupação, a menor taxa já registrada do ano.

Há quatro meses, MS entrava em colapso de internações de pacientes com coronavírus, com taxa de ocupação chegando a marcar 101%. Pacientes eram improvisados em alas dos hospitais e o número de casos se proliferavam a cada dia.

Com o salto na vacinação, com as mais de 3 milhões de doses aplicadas em MS, os reflexos apareceram. Os leitos dos hospitais foram esvaziando e atualmente existem apenas 92 pacientes internados em estado grave.

70% dos adultos vacinados
Quase oito meses depois de começar a aplicação das doses, o Estado atingiu 70% dos adultos imunizados, ou seja, com o ciclo vacinal completo. O número para a imunidade coletiva não é um consenso, por isso o objetivo é avançar ainda mais e chegar a 80% no início de outubro.

MS foi o primeiro estado a atingir a imunidade coletiva da população adulta. O Estado fica na frente de São Paulo, que tem 63,76% dos adultos imunizados. Já o Rio Grande do Sul, que também disputava a liderança no ranking nacional, tem 55,4% dos adultos com ciclo vacinal completo.

O secretário estadual de saúde, Geraldo Resende, comemora o marco. “Podemos dizer que chegamos a 70% vacinados com a segunda dose ou com dose única, o que faz com que Mato Grosso do Sul tenha a imunidade coletiva”, disse ao Jornal Midiamax.

O titular da SES (Secretaria de Estado de Saúde) comenta que não há um consenso sobre os números para considerar a imunidade coletiva. Entre especialistas, o percentual varia de 60% a 90%.

“É um marco, uma meta. Estes números não têm consenso na literatura mundial, mas vamos avançar mais ainda. A gente pode chegar, até o início de outubro, a 80% imunizados. Vamos trabalhar intensamente para passar este número”, afirma Resende.

SIGA-NOS NO Google News